10 atitudes para ser feliz!

6 de fevereiro de 2019 - Por

10-atitudes-ser-feliz 01

quem ama, compartilha!

Já parou para pensar em como ser feliz? Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, você é responsável pelo seu próprio caminho em direção à felicidade. Por isso, você precisa parar de esperar pelos outros e fazer o que estiver ao alcance por si mesma, sem depositar sua felicidade e sonhos em outra pessoa. Acredite se quiser: ser feliz está mais perto do que você imagina. Conheça algumas atitudes a seguir!

Como ser feliz em 10 passos

1. Sorria

Além de desestressar, sorrir faz bem ao seu corpo. Especialistas afirmam que quando uma pessoa ri, a circulação sanguínea é crescente, trazendo benefícios ao corpo. Há quanto tempo você não dá um sorrisinho? Divirta-se! Se estiver faltando incentivo, vale dar um pulo no YouTube ou Netflix para ver seus vídeos de comédia favoritos.

2. Cante

Independente do gosto musical, cante! Se tiver vergonha, dê seu show sozinha no chuveiro ou atrás do volante. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela Universidade de Frankfurt, quando cantamos estamos melhorando nossa imunidade. Solte a voz e melhore a sua saúde.

3. Dance

Axé ou eletrônica, 80s ou rock, aperte o play e se joga! Dançar é ótimo para soltar os músculos e aliviar a tensão do dia a dia, além de fazer um bem danado para o corpo como um todo. Se você quiser aliar esse momento de bem-estar a uma atividade física, vale checar alguns vídeos de Zumba e FitDance no YouTube.

4. Ame

Uma das melhores sensações do mundo é amar e ser amada. Este sentimento não precisa ser necessariamente por um namorado ou marido. Ame sua família, seu animal de estimação, suas amigas e a vida! Levante seu astral e demonstre sentimentos.

10-atitudes-ser-feliz 02

5. Converse

Essa é uma ótima maneira de dividir o fardo do dia a dia, trocar ideias e descobrir novas formas de enxergar a vida. Com a cabeça funcionando e em companhia de outras pessoas, sua vida será totalmente diferente.

6. Invista

Pare de gastar com besteiras e pense no seu futuro. Uma velhice confortável é tudo de bom! Economize mensalmente uma quantia e faça seu dinheiro render. Só assim conseguirá fazer tudo que deseja, sem passar perrengue ou dificuldades.

7. Sonhe

A vida só tem sentindo quando temos objetivos. Já sabe quais são os seus? Faça uma lista com todos os seus sonhos e passe a lutar para realizá-los.Com determinação, organização e acreditando no seu potencial, você vai longe!

8. Exercite-se

De que adianta ter tudo se a sua saúde não coopera? Abandone o sedentarismo e faça bem ao seu corpo. Pare 30 minutos, 3 vezes por semana e faça exercícios – vale até uma caminhada na rua ou uma volta de bicicleta. Seu corpo e resistência estarão mais fortes. Além disso, você terá disposição de sobra!

9. Exerça a gratidão

Os dias passam tão depressa que acabamos esquecendo de agradecer. Diariamente, liste três aprendizados no dia e agradeça por ter passado por aquelas situações. A princípio, ter a disciplina para fazer essa lista todos os dias parecerá complicado, mas você logo sentirá os benefícios da gratidão – saiba aqui quais são.

10. Acredite

Quando temos um sonho temos que pensar nele realizado. Isso serve para a empresa que está interessada em abrir até o carro que quer comprar. Tenha certeza que as coisas vão sair dentro do esperado pensando positivo. Desta forma só vai atrair pensamentos bons.

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas