10 lições das Meninas Mimadas

1 de março de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

A vida de final de semana é uma delícia! Você também está no time que senta no sofá e adora assistir televisão no sábado e domingo? Entre um programa e outro, pausa para comer um pouquinho e dar uma saidinha rápida. Quando vimos lá se foi nosso descanso…

Sem chatices e cobranças, é possível permanecer nessa maratona e ainda aprender, sabia? Assistindo o novo programa da Discovery Home & Health, Meninas Mimadas (aos sábados – 19h), dá pra aprender e organizar a vida financeira. 

A personagem principal da trama é a Gail Vaz-Oxlade, uma economista que trabalha feito uma supernanny das mais crescidinhas que acham que dinheiro nasce em árvore. Em cada episódio, a série mostra um novo caso com Gail ajudando a reestruturação financeira daquela mulher. São casos pesados, em que a pessoa perdeu totalmente o controle dos seus gastos e o volume de compras já começou a afetar a família e os relacionamentos da personagem da semana.

Sua primeira atitude marcante é tirar o cartão de crédito da pessoa e fazendo pagar tudo à vista, com dinheiro. Um choque para quem, normalmente, gasta desenfreadamente o crédito.

Os próximos passos da economista são mostrar a realidade financeira daquela mulher. Para isso, mostra gráficos, reúne contas e detalha o extrato bancário dela. Outro choque. Em seguida, ela dá soluções para renegociar as dívidas e outros investimentos, tudo de uma forma didática e bem simples.

Se a personagem seguir tudo que foi ensinado a risca, ótimo! A mulher passa por uma avaliação ferrada de Gail e vai para a próxima de fase: agora sabe mexer com dinheiro. Além da consultoria financeira gratuita, ganha um bônus de U$ 5 mil dólares. Uma maravilha, né?

Apesar das histórias contatadas serem de mulheres estrangeiras, dá pra pegar algumas dicas e aprender com todas as broncas. Afinal, não é todo mundo que investe o dinheiro e gasta com muito cuidado, não é mesmo? Veja 10 coisas que você pode aprender com a série:

1. Uso do cartão de crédito com consciência

2. Aprender detalhar o extrato bancário e montar seu próprio relatório financeiro

3. Renegociar as dívidas

4. Investir seu dinheiro para ter um retorno futuro

5. Trabalhar e gastar o salário com um objetivo de vida

6. Organização financeira e de vida

7. Aprender os limites da vida

8. Andar com as próprias pernas e parar de depender de pais, maridos

9. O que representa cada um dos seus gastos e se eles valem a pena

10. O real significado de estar livre das dívidas

Gostou? Você se identificou com alguma das histórias contadas pelo programa? Conte para a gente nos comentários!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

cadastro-positivo

10 de abril de 2019

Agora, todos serão automaticamente incluídos no Cadastro Positivo do Serasa, SPC e afins. Seus dados estão seguros? Quais são as vantagens? Descubra!

consumismo-consumo-divida-leitora-financas-femininas 01

27 de março de 2019

Por causa do consumismo, ela causou um grande estrago em seu orçamento. Como ir da absoluta falta de controle ao comando sobre sua grana? Nossa leitora conta como fez!

investir-ou-quitar-dividas

18 de março de 2019

Você quer investir, mas tem uma dívida pendente. É melhor quitar a dívida ou aplicar essa grana? Se você errar, pode arruinar seu bolso! Veja a resposta.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas