3 opções para investir com pouco dinheiro

14 de outubro de 2014 - Por

investir_com_pouco_dinheiro

quem ama, compartilha!

Você ouve falar em investimentos e estuda as possibilidades de aplicar o seu dinheiro. Mas o que fazer se o que você tem no bolso ou na conta bancária é pouco, bem pouco…quase nada! Não desista do objetivo de investir, afinal, o mercado oferece opções para todos os bolsos. Nós sabemos que quanto mais dinheiro você tem, maiores são as suas opções e mais baratas elas vão ficando.

Mas até você melhorar o patamar das suas reservas financeiras, é preciso adquirir o hábito de aplicar o dinheiro, de pesquisar bem as opções existentes e analisar os produtos que tem mais a ver com você e com os seus objetivos. Para isso, o ideal é que você priorize uma parte da sua grana para investir, mesmo se for pouco dinheiro. Afinal, como diz o velho ditado, de grão em grão a galinha vai enchendo o papo.

Para começar seus investimentos, segue uma lista de sugestões para você analisar o que te agrada mais.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é uma opção muito interessante em mais de um aspecto. Além de fazer todas as suas transações via internet, você pode começar a comprar títulos a partir de R$ 30. Além disso, o Tesouro oferece boa liquidez, com possibilidade de compra e venda de papeis semanalmente, normalmente nas quartas-feiras.

Para quem gosta de autonomia, é interessante também porque lhe permite fazer o papel de analisar quais os títulos mais alinhados com os seus objetivos. Além disso, as taxas cobradas (custódia e as que são cobradas pelas instituições financeiras) costumam ser menores em relação a fundos de investimento. O Imposto de Renda incide regressivamente, ou seja, quanto maior o tempo investimento, menor a alíquota incidente.

como_investir_com_pouco_dinheiro

CDB

Aqui é importante ter uma atenção ainda maior em relação ao que os bancos têm para oferecer. O investimento em CDB também pode ser feito a partir de quantias pequenas, porém é preciso ficar atenta às taxas de remuneração, principalmente no caso do título pós-fixado. Ao contrário dos fundos de investimento, o CDB não possui taxas de administração, porém isso não necessariamente é vantajoso se você estiver um com um CDB que rende menos que 90% do CDI, que é usado como referência pelos bancos e costuma acompanhar o mesmo patamar da Selic.

De uma forma prática, isso significa dizer o seguinte, se por um lado o CDB não tem a cobrança da taxa de administração, por outro ele pode te oferecer uma rentabilidade muito baixa em relação a outros investimentos no mercado. Em algumas situações, pode valer mais a pena investir em um fundo com uma taxa de administração pequena e uma rentabilidade melhor que o CDB. O indicado é fazer uma vasta pesquisa para encontrar CDBs que paguem uma boa remuneração em relação ao CDI. Vale frisar também que nem todos os bancos oferecem CDBs com liquidez diária. Em alguns casos o resgate só pode ser feito depois de cumprido um período acordado com o banco. A cobrança de Imposto de Renda também diminui conforme o tempo de aplicação aumenta.

Fundos de investimento

O interessante do fundo de investimento é a possibilidade de diversificação dos seus ativos. A comodidade é outro fator que costuma atrair muita gente. Ao contrário do que acontece no Tesouro Direto, em que você mesma escolhe os títulos que deseja comprar, aqui um gestor fica por conta de administrar o dinheiro que é direcionado ao fundo. Essa facilidade, no entanto, tem preço. A investidora deve ficar atenta às taxas de administração cobradas pelos fundos que pesquisar. Se a taxa for muito alta, a rentabilidade fica prejudicada.

Da mesma forma como acontece nos outros casos, quanto mais curto for o tempo de investimento, maior será a incidência do Imposto de Renda.

 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

17 de julho de 2019

A rentabilidade é uma dúvida frequente das investidoras, mas agora que você sabe o que é CDB, LCI, LCA, CDI, e também já aprendeu tudo sobre Tesouro Direto e Tesouro Selic, chegou a hora de descobrir como comparar a rentabilidade do seu investimento. O primeiro ponto a entender é que enquanto o Tesouro Selic e […]

15 de julho de 2019

Poupar para o futuro pode ser desafiador. Esta regra pode ajudá-la a saber se está no caminho certo ao planejar a aposentadoria.

11 de julho de 2019

Você decidiu fazer um investimento em renda fixa, mas está confusa com a sopa de letrinhas de CDB, LCI e LCA? Calma! Não fique apavorada, porque é muito fácil e vamos te ensinar tudo que você precisa saber para investir. A renda fixa é uma aplicação segura e o primeiro passo para quem deseja embarcar […]

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas