4 dicas para seu filho usar a mesada com inteligência

25 de agosto de 2014 - Por

como gastar a mesada de um modo inteligente

quem ama, compartilha!

É natural para qualquer mãe: tudo que você não teve na vida, certamente quer dar a seus filhos. E tudo que você teve de bom, deseja que eles tenham em dobro. E não estamos falando de bens materiais, mas de uma vida boa por completo. Nessa batalha para tentar garantir sempre o melhor para as nossas crianças e adolescentes, um dos desafios é conseguir contornar as artimanhas do consumismo – e sejamos honestas, muitas vezes nós mesmas temos dificuldades para escapar dele!

Bom, mas seja pela prudência que recebemos de nossos pais ou pelas lições que tiramos de nossos próprios sufocos com dívidas a pagar, chega um momento em que precisamos atentar para a necessidade de cuidar bem de nossas contas. E se você teve alguns tropeços no caminho até chegar a este ponto, que tal tentar mostrar aos filhos um caminho para não cometer os mesmos erros? Seguir os conselhos vai depender somente deles, mas o mais importante é que você dê o direcionamento.

Neste sentido, uma boa estratégia pode ser incentiva-los desde cedo a criar um grande objetivo para que juntem dinheiro. É uma forma de valorizar ainda mais o propósito da mesada. Se eles receberem o dinheiro mensalmente, mas sem um foco para aquilo, não será surpresa se começaram a gastar tudo com coisas supérfluas, como roupas e acessórios caros, por mera ostentação. Vamos a alguns exemplos de como ajuda-los a escolher um foco para o dinheiro da mesada.

Viagem

Fazer um intercâmbio estudantil é um sonho de muitos jovens. Para ajudar seu filho (a) a conquistar esta meta, incentive-o a juntar a grana da mesada para custear a viagem ou pelo menos a maior parte dela. É uma meta de longo prazo, mas com um retorno extremamente rico para a cultura dele (a).

Festa de 15 anos

As meninas normalmente sonham com este momento mágico. E se a opção for fazer uma festa realmente de gala, este sonho não sai nada barato. Assim como o caso do intercâmbio, uma boa opção para viabilizar a comemoração é incentiva-la desde cedo a encher o cofrinho para ajudar no custeio do festa.

como economizar a mesada

O primeiro carro

É bem provável que seu filho (a) não consiga pagar o valor total sozinho somente com o dinheiro da mesada, mas e se você o convencesse a juntar dinheiro para pagar parte da entrada do veículo? Converse e estabeleça uma parcela do valor total para que ele (a) junte de dinheiro. Diga que o carro virá apenas com a condição de um pagamento conjunto.

Outras responsabilidades do cotidiano

Seu filho (a) quer investir em um esporte? Então determine que o dinheiro da mesada seja usado para pagar as aulas da atividade esportiva que for escolhida. O mesmo pode ser feito quando ele (a) estiver tirando a carteira de habilitação. Todo mundo sabe que os custos são altos e que aumentam um pouco mais a cada ano. Então este é um bom motivo para ir fazendo um “pé de meia”.

Fazer com que seus filhos participem ativamente do custeio dos próprios sonhos é uma forma de trazer para perto cada vez mais cedo a noção de como as coisas funcionam. Para conquistar algo, é preciso batalhar, é preciso ter esforço. Um dia eles terão capacitação suficiente para irem atrás do próprio emprego, e por consequência, do próprio sustento. Enquanto isso não acontece, é importante que você estabeleça regras para que eles não tenham a percepção de que podem obter tudo “de mão beijada”.

Cientes de que o dinheiro deles é importante para que o sonhos sejam concretizados, eles certamente vão pensar duas vezes antes de gastar tudo que têm no celular mais caro ou no tênis lançado pela marca X, que é mais caro que uma mensalidade escolar.

 

 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

licoes-dinheiro-filha

21 de março de 2019

Educação financeira infantil é fundamental para criar filhas independentes e que sabem cuidar do próprio dinheiro. O primeiro passo é falar sobre. Veja como!

educacao-financeira-pais-de-primeira-viagem 01

19 de fevereiro de 2019

Dar exemplo é apenas a primeira dica para pais de primeira viagem ensinar educação financeira para crianças. Carol Sandler ensina aqui outros segredos fáceis de aplicar!

festa-infantil-luxuosa(2)

5 de setembro de 2018

Os exageros nas festas infantis podem influenciar não só na quantidade de dívidas dos pais, mas também na percepção de mundo dos pequenos. Saiba como isso pode prejudicar o seu filho!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas