5 atitudes que farão seu salário render mais

5 atitudes que farão seu salário render mais

Todo mês é a mesma história… Recebeu o salário e, quando foi ver o saldo, já estava no vermelho. Isso é grave! Você precisa saber para onde o seu dinheiro está indo e por que já está com saldo negativo. Assim consegue mudar alguns hábitos, consegue economizar mais dinheiro e investir. Afinal, você tem que pensar lá para frente. Se continuar desse jeito, é provável que passe por problemas financeiros quando estiver velhinha.

Se estiver disposta a mudar e quer fazer o seu suado dinheiro trabalhar por você, mude! E não pense que você vai precisar ficar sem ir ao cabeleireiro ou fazer a unha. Dá pra fazer tudo, desde que você se mantenha organizada e com vontade de ter mais dinheiro. Prepare-se e mude seus hábitos com as próximas dicas.

1) Faça uma planilha

O único jeito de entender para onde o seu dinheiro está indo é fazendo um balanço de gastos. A melhor forma de fazer isso é colocar tudo no papel e pensar. Para não ter erro, anote todos os gastos que fez em um mês. Aqui entra tudo – cafezinho, condomínio e até supermercado. Você vai perceber que existem dois principais tipos de despesas – as variáveis e as fixas. Veja onde está perdendo o controle, enxugue os gastos desnecessários e organize as contas.

2) Pare de usar o cheque

Sabe aquela mania horrorosa de não sacar dinheiro e pagar as contas no cheque? Ou pior, parcelar alguma compra no talão? Então, o cheque é um dos principais vilões do nosso orçamento. É preciso ser muito organizada para não perder o controle usando essa ferramenta. Não tem outra forma a não ser parar de usar. Não imprima novas folhas e nem faça um novo pedido para o banco.

fazer-salario-render-mais-02

3) Deixe o cartão de crédito em casa

Antes de usar o cartão de crédito você tem que saber que o dinheiro que você pode usar não é seu! Toda aquela quantia é uma grande ilusão que só te faz gastar mais. E não pense que parcelar a compra é a melhor saída para seu negócio! O cartão de crédito é um dos principais motivos de dívidas dos brasileiros, sabia? Para evitar gastos desnecessários você deve deixá-lo em casa!

4) Pague à vista

Aquela televisão de 40 polegadas de LED fica muito mais barata se for paga em suaves prestações, certo? Errado! Dividindo o valor em parcelas você acaba pagando juros desnecessários e que só levam o seu dinheiro embora. Pare com isso hoje! A melhor forma de comprar é à vista. Se não tiver o dinheiro suficiente, guarde o valor da parcela mensalmente e, quando tiver o valor total, compre e pechinche um desconto. Na primeira você vai ver a diferença.

5) Tenha um objetivo

Não adianta nada querer economizar e parar de gastar se não tiver um objetivo. Quais são seus sonhos? Essa é a parte mais gostosa de fazer a organização financeira, o desejo de realizar um objetivo. Faça uma lista com todos eles e ao lado, quanto custaria isso em média. Depois de muito planejamento e organização, pode ter certeza que você vai conseguir o que quer.

Vá em frente e mude seus hábitos. Com um dinheirinho a mais no bolso, sua vida vai ser muito diferente! O que você faz para economizar.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

close