5 dicas para não gastar muito no happy hour

29 de abril de 2016 - Por

dicas-happy-hour-barato

quem ama, compartilha!

Após um dia de trabalho “daqueles”, cheio de cobranças, prazos apertados, chefe estressado e uma correria sem fim, nada melhor do que um happy hour para descontrair. É o momento de deixar para trás a lembrança do trânsito carregado, os relatórios intermináveis, as cobranças, os clientes e todo o estresse do dia.

O happy hour também é uma oportunidade para conhecer melhor  os colegas de trabalho e aprofundar as relações com a equipe. Afinal, na correria constante, nem sempre conseguimos nos aproximar das pessoas que fazem parte de nossa equipe. É uma ocasião propícia para descobrir afinidades e desenvolver cumplicidade e confiança, fatores que poderão se refletir em benefícios para o trabalho.

O happy hour também pode ser uma chance de se aproximar mais dos colegas de um curso. Quantas vezes você fez parte de uma turma bacana, mas na qual os alunos mal sabiam os nomes uns dos outros? O happy hour serve para quebrar o gelo e entrosar o pessoal.

Motivos para participar deste momento não faltam. Se o problema for dinheiro, busque alternativas que envolvam pouco gasto.

Além disso, o happy hour não precisa ser obrigatoriamente em uma sexta-feira à noite em um bar. Pode ser em um fim de semana ou no dia e horário que forem mais convenientes para todos. O local também pode variar. O importante é criar uma clima favorável para conversas e descontração.

foto happy hour

1-Churrasco

Um churrasco é uma boa opção quando o assunto é descontração. O entrosamento pode começar logo na organização, quando os participantes decidem quem vai levar qual prato ou bebida, dão sugestões para a trilha sonora e elegem quem comandará a churrasqueira.  

2-Evento cultural gratuito

Há muitas opções de eventos culturais gratuitos, de qualidade e para todos os gostos. Uma atividade cultural, além de aproximar as pessoas, é uma fonte de aprendizado e diversão.

3-Na casa de uma das funcionárias ou alunas

Uma das funcionárias e alunas pode ceder a própria casa para fazer um happy hour. Alguns dos pontos positivos são a privacidade e o clima mais intimista – e vocês podem dividir os custos dos comes e bebes.

4-Café da manhã na empresa ou lanche na escola

Se estiver difícil de encontrar um lugar para fazer um happy hour, ele pode ser feito no próprio local de trabalho ou na escola. A equipe pode organizar um café da manhã bem farto e cada pessoa levar um prato ou bebida. A turma pode escolher um dia com carga horária menor.

5-Clube

Fazer o happy hour em um clube também pode ser uma boa pedida, principalmente se houver a possibilidade de praticar esportes, que servem para unir as pessoas, descontrair e desenvolver o espírito de equipe.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

youtube-carol-sandler-reage-a-tag-suposicoes-sobre-mim

23 de agosto de 2019

Depois do vídeo 50 fatos sobre Carol Sandler, as seguidoras do Finanças Femininas enviaram pelo Instagram as suposições sobre a Carol. As leitoras querem saber: será que ela faz supermercado no atacadão para não jogar dinheiro fora? Era da turma da frente na escola? Ela fez faculdade de administração ou economia? É super organizada e […]

mulheres-na-musica-iniciativas-apoiam-a-producao-artistica-feminina

22 de agosto de 2019

A produção artística das mulheres vem furando a bolha do machismo e conquistando espaço no mercado musical, que ainda é dominado por homens. O projeto”Por elas que fazem a música”, da União Brasileira de Compositores (UBC), aponta que apenas nove mulheres figuraram a lista dos 100 maiores arrecadadores de direitos autorais da música brasileira em […]

produtos-importados-dicas-para-fazer-compras-online

14 de agosto de 2019

A grande variedade de produtos e os preços baixos incentivam as compras em sites chineses e norte-americanos. No ano passado, 23,1 milhões de brasileiros fizeram compras internacionais, segundo a pesquisa da Ebit, especializada em avaliar a reputação das lojas online. O chinês AliExpress é o favorito entre 51% dos consumidores brasileiros, seguido dos norte-americanos Wish […]

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas