6 verdades que não te contam sobre comprar uma casa

6 verdades que não te contam sobre comprar uma casa

Ter a casa própria é o sonho de muita gente. Uma pesquisa inédita do Data Popular revelou que, entre 2014 e 2015, 63% das pessoas não conseguiram comprar um imóvel. Porém, 35% acreditavam que fariam negócio no próximo ano. Os dados foram divulgados em 2016.

Ter seu próprio cantinho pode ser divertido e gratificante. Porém, o que muita gente não sabe é que, com ele, vem várias despesas ocultas e demandas domésticas, que envolvem muito mais esforço mental e monetário do que podemos planejar.

Se você está se programando para comprar a casa própria, prepare-se. Separamos 6 coisas que ninguém te conta sobre esse momento especial:

1 – Você não precisa gastar todo o seu dinheiro na compra da casa

Comprar um imóvel custa muito dinheiro. E a maioria das pessoas recorre aos financiamentos para conseguir realizar o sonho. Porém, é importante deixar uma parte do dinheiro guardada para alguns imprevistos – que vão acontecer. E lembre-se, compre uma casa que você possa pagar. Coloque no papel os possíveis gastos com reformas e reparos iniciais, além do custo de manutenção a longo prazo.

2 – Comprar móveis pode ser mais caro do que se imagina

É importante que a mobília combine com a casa nova, certo? Os móveis antigos podem ser grandes demais, ou muito antigos. Dependendo da arquitetura, do espaço e do estilo da casa, alguns itens podem não se encaixar perfeitamente. Com isso surge a vontade de comprar tudo novo, mas isso vai sair caro.

Olhe o que você pode ou não levar da casa antiga – e venda o que não funciona mais. Montar a decoração com tudo novo pode custar até 25% do valor do imóvel. E isso irá prejudicar o dinheiro que guardou para emergências. Uma boa solução é trocar os móveis aos poucos, ir em busca de promoções e comprar os itens à vista.

3 – Bairros com boas escolas são importantes – mesmo que você não tenha filhos

Para quem tem filhos ou pretende tê-los em breve, optar por um bairro com boas escolas é fundamental. Porém, escolher um imóvel próximo às zonas escolares pode ser um bom negócio para o futuro – mesmo que não tenha crianças na família. Se você decidir vender a casa, esse será um ponto relevante na valorização.

imovel-dicas

4 – Evite gastos com cartão de crédito durante o processo de compra da casa

O momento de fechar negócio é delicado e requer muito planejamento financeiro. Ao conquistar a casa própria, a vontade é de sair comprando todas as tendências em decoração, móveis e eletrodomésticos. Resista à tentação de abrir um novo cartão de crédito ou extrapolar o limite do já existente até que o processo de compra da casa esteja completo e você possa reogarnizar as finanças. Gastar mais do que pode neste momento afetará sua relação com as parcelas do financiamento e prejudicará toda a sua saúde financeira.

5 – O bairro pode crescer (muito) em pouco tempo – e é importante saber disso

A casa nova não é a única coisa que você deve conferir de perto. Certifique-se de que você também sabe o que irá acontecer no seu bairro e nas propriedades vizinhas. Vale ir à prefeitura e perguntar sobre os planos urbanísticos do local, se alguma área será destinada para comércio e ou se haverá ampliação de ruas ou rodovias. A construção de uma praça ou quadra poliesportiva poderá agradar a família e agregar valor ao terreno em uma futura venda.

6 – Lembre-se, você está no comando agora

Canos com vazamentos, reparos domésticos inesperados, manutenção regular, instalação de quadros e armários. Tudo isso agora é responsabilidade sua – ou de quem você contratar para fazer o serviço. De qualquer forma, você precisará de uma reserva econômica para imprevistos.

Texto traduzido e adaptado de Business Insider

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Gabriella Bertoni

Gabriella Bertoni

Repórter, produz matérias para o Finanças Femininas. Apaixonada por livros e por contar histórias, é recém-chegada em São Paulo e ainda está completamente perdida, mas adorando a cidade.
Fale comigo! :) gabriella@financasfemininas.com.br

close