7 atividades para ganhar mais dinheiro

24 de julho de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Interessada em conseguir uma graninha a mais ou duplicar sua renda? Quem não quer, né? Pois então prepare-se e descubra o que você mais gosta de fazer. Encontrando a atividade certa para trabalhar, você consegue mais dinheiro e complementa a sua renda mensal. O melhor disso é que com uma grana a mais, você pode se permitir a pequenos luxos, diminuir o corte de gastos ou dar aquele empurrãozinho extra para o seu sonho ser realizado mais rápido. Parece mentira, mas não é! O Finanças Femininas selecionou algumas atividades que geram uma graninha extra para você.

1) Cozinhar para fora: Você tem uma mão boa na cozinha? Sempre que recebe alguém em casa, ganha elogios? Esse é um bom negócio. Monte menus e faça cartões para distribuir para amigas, conhecidas e até em estabelecimentos comerciais. Tem muita gente por aí querendo uma pessoa que cozinhe maravilhosamente bem.

Se este é o seu caso, aprimore suas receitas, faça o teste delas e passe a vender. Para dar o seu preço, você deve saber quanto custam os produtos, avaliar sua mão de obra e acrescentar o lucro. Não estrapole, porque com um preço camarada (e justo) pode te trazer boas clientes.

2) Fazer bolo e docinhos: Toda mãe ou aniversariante procura uma doceira de mão cheia para sua festa. Se você tem facilidade para o negócio, esta é a sua chance! Faça uma rápida pesquisa para saber quais são os quitutes mais pedidos das festas, as novidades e comece!

O segredo do negócio é a apresentação dos doces, bolos e a qualidade deles. Por isso, é necessário usar bons produtos e fazer com muito amor. Reunindo todas essas qualidades vai ser fácil se diferenciar e conquistar novas clientes e festas todo final de semana. Aproveite e veja referências fofas na internet, principalmente em sites estrangeiros. Isso vai ajudar a sua criatividade!

3) Organizar armários: Se a sua casa é toda organizadinha e você gosta de manter tudo em seu lugar, esta é a sua chance! Não tem nada melhor do que organizar um ambiente todo bagunçado, não é? A energia muda e tudo parece fluir. Então, que tal cobrar por isso?

Comece com suas amigas que são bagunceiras. Aos poucos, no boca a boca, vão aparecer novas oportunidades e o seu trabalho será cada vez mais procurado. Busque novas técnicas e objetos que contribuem para que todas as gavetas e armários fiquem um brinco. Um bom aliado nesta hora são os tutoriais no YouTube.

4) Vender artesanato: Trabalhos manuais relaxam e tranquilizam as pessoas mais nervosas. Se gosta de objetos mimosos e feitos à mão, aprenda a fazer você mesma. Não precisa pagar muito caro para aprender. Uma alternativa boa e barata é a internet. Existem vídeos que ensinam novas técnicas e revistas que mostram o passo a passo. Depois é só cair dentro.

O investimento não precisa ser necessariamente alto. Comece com papéis já usados para fazer dobraduras ou novelos de lã pela metade para tricotar. Se usar a criatividade, vai fazer novos modelos e também venderá com mais facilidade. Coloque sua cachola para funcionar!

5) Dar palestras: Se falar em público não for um problema, você pode passar seu conhecimento para frente. Por exemplo, sabe aquela crise que gerenciou muito bem e resolveu tudo num piscar de olhos? Pois então, isso pode servir para muita gente com o mesmo problema.

Se tiver algum vínculo empregatício, busque informações se é permitido divulgar estas situações em palestras. Para não ter problemas é importante fazer tudo conforme a lei. A dica é procurar assuntos que interessem um grande número de pessoas. Então dê seu preço e vá em frente.

6) Fotografar festas: Você tira fotos por hobby e arrasa? Olhe isso com um novo ângulo. Profissionalize o seu gosto de tirar fotos e saia lucrando. Um jeito de divulgar e conquistar novas clientes é a internet. Crie um blog ou um Flickr para divulgar o seu trabalho.

Quanto mais diversidade de fotos tiver, mais clientes terá. Então fotografe de tudo – natureza, perfil de pessoas, festas, crianças, paisagens… tudo é válido, desde que seja criativa. Se possível, faça um curso de fotografia para aprender novas técnicas e saber qual é o equipamento necessário aqui.

7) Cuidar de crianças e animais: Todas nós temos uma amiga que não sai sozinha com o marido há muito tempo porque não tem com quem deixar os filhos. Se você gosta e tiver interesse, essa pode ser uma oportunidade de negócio. Se ofereça para cuidar dos pequenos, mas cobre um valor.

A mesma coisa serve para animais. E isso fica mais fácil ainda se você tem um tempinho livre e gosta de brincar com eles. Uma forma de realizar um bom trabalho é conversar com outros profissionais que fazem a mesma coisa e fazer um curso de primeiros socorros e de adestramento de animais.

Qual você vai escolher?

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

livros-educacao-financeira-investimentos 01

23 de abril de 2019

Além de gostosos de ler, esses livros de educação financeira e investimentos podem revolucionar o jeito que você cuida do seu dinheiro. Descubra quais são!

ficar-rica-habitos-que-deixam-pobre

11 de abril de 2019

O primeiro passo para enriquecer é não gastar tudo o que ganha. Carol Sandler conta quais são os outros hábitos que te deixam mais pobre!

como-ganhar-dinheiro-precificar-ovos-de-pascoa

5 de abril de 2019

O primeiro passo para ganhar dinheiro vendendo ovos de Páscoa é precificar direitinho – e isso começa com um cálculo simples e fácil. Aprenda-o aqui!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas