7 dicas para economizar com passagens aéreas

17 de abril de 2018 - Por

aviao-viagem

quem ama, compartilha!

Se você gosta de viajar, sabe o quanto as passagens aéreas pesam no orçamento. Mesmo com preços estratosféricos na alta temporada, alguns truques podem te ajudar a conseguir bilhetes mais baratos. Para isso, é importante planejar-se com antecedência e fazer muita pesquisa, além de estar atenta às promoções.

Porém, nem só de preços altos vivem os aeroportos. As passagens de avião, entre outras áreas, foram responsáveis pela baixa taxa de inflação no mês de março. De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o mês em 0,09%, bem abaixo dos 0,32% de fevereiro. Isso se deu por conta da redução dos preços dos bilhetes, que ficaram 15% mais baratos, em média.

“Em março, você tem uma queda natural na demanda por passagens aéreas. Isso porque estamos saindo da chamada alta temporada, onde têm férias escolares, Natal e Ano Novo, além do Carnaval. A maioria das famílias viaja nessas épocas do ano e, assim, as passagens ficam mais caras por conta da alta demanda. Porém, essa procura caiu em março e as passagens voltaram a se acomodar em um preço dentro da normalidade”, comenta Anderson Pellegrino, professor de Economia da IBE Conveniada FGV.

Não há garantias de que os valores continuem baixos nos próximos meses, devido à aproximação com a alta temporada das férias de inverno. A boa notícia para as viajantes de plantão é que, mesmo se o preço das passagens voltarem a subir, ainda é possível conseguir bons descontos. Confira como:

1 – Sempre que possível, compre as passagens com antecedência

Comprar passagens com antecedência irá te render bons descontos. Se você tem uma viagem para planejar, saiba que, quanto antes começar a procurar, maiores são as chances de encontrá-las com bons preços, mesmo para épocas de alta temporada.

Para você ter uma ideia, fizemos uma simulação através do site Google Flights. Como destino, escolhemos Fortaleza, uma cidade muito procurada durante o ano todo devido suas altas temperaturas. Caso queira passar o feriado do Dia do Trabalhador na cidade, terá que desembolsar, no mínimo, R$ 1.139* em uma passagem ida e volta saindo de São Paulo, no período de 28/04 a 01/05.

Caso se programe e compre passagem para outro feriado prolongado, daqui cinco meses, o preço cai consideravelmente. De 7 de setembro, dia da Independência do Brasil, até 09/09, você pagaria R$ 795** no mesmo trecho, também ida e volta.

“Quanto mais puder se antecipar na compra, melhor. Conforme a demanda aumenta, o preço sobe. Então, programe-se para adquirir a passagem com, pelo menos, cinco ou seis meses de antecedência”, aconselha Pellegrino.

*Valor pesquisado em 16/04 às 13h30.
**Valor pesquisado em 16/04 às 14h00.

2 – Abuse dos programas de fidelidade e milhagem

Para quem não tem programas de milhagem, saiba que eles podem ser bem interessantes na hora de planejar uma viagem. Você não precisa se enrolar no cartão de crédito ou s. Faça cadastro nas suas companhias aéreas de preferência e fique sempre de olho nas promoções. Não é incomum elas fazerem parcerias com outras marcas e você pode conseguir milhas para sua próxima viagem ao comprar um eletrodoméstico, por exemplo.

Para quem já tem pontos acumulados, mas não são suficientes para comprar uma passagem, Pellegrino afirma ser vantajoso utilizá-los e pagar o restante com dinheiro. “A modalidade de ‘pontos mais reais’ pode te ajudar a economizar bastante. Por exemplo, se a passagem custar 70 mil milhas, mas eu tenho apenas 20 mil, pagar a diferença no dinheiro ainda é uma economia. Aqui, vale calcular as possibilidades. Lembre-se, milhas foram feitas para serem usadas!”

3 – Pesquise em sites e aplicativos de viagem

A tecnologia nos ajuda em diferentes áreas da vida, e na hora de economizar não poderia ser diferente. Pesquise em diferentes sites e aplicativos de viagem e compare os preços. Alguns deles disponibilizam promoções exclusivas, além de indicarem qual a melhor data para pagar menos.

Fique sempre de olho, inclusive, nos sites das próprias companhias aéreas. Outra dica é sempre ativar os alertas de preços. Assim, você saberá quais os melhores valores e onde estão as promoções. Sites como Google Flights, Skyscanner e Melhores Destinos fazem o trabalho de achar os preços mais em conta.

passagem-aerea

4 – Reserve ida e volta separadamente

Comprar a passagem de ida e volta até parece mais cômodo, mas procurá-las separadamente pode ser vantajoso. Isso porque acontecem promoções diferentes para apenas um trecho, horário ou em destinos com escalas. Faça a pesquisa em dias e períodos diferentes para ter mais chances de encontrar o valor ideal. Porém, vale ressaltar que, ao comprar passagens separadas, serão cobradas duas taxas de embarque. Calcule e veja o que sairá mais barato.

5 – Tenha datas flexíveis

Não estamos falando aqui em largar o trabalho ou os estudos na primeira grande promoção que aparecer. Planeje seu período de folga e, dentro dele, tenha flexibilidade de mudar os dias pretendidos. Viagens próximas ao final de semana tendem a ser mais caras. Por isso, poder viajar durante a semana tem chances de sair mais barato. Um dia pode fazer grande diferença no seu orçamento.

6 – Opte por horários menos procurados

Se você tem a opção de viajar a qualquer hora do dia, aproveite para pesquisar pelos períodos menos procurados. Horários mais requisitados, como a parte da manhã ou no início da noite, tendem a ser mais caros, dependendo do trecho. Geralmente, viagens de madrugada e no horário do almoço são mais interessantes do ponto de vista financeiro.

7 – Voe com conexões

Outra saída para economizar na hora de comprar sua passagem é estar aberta às conexões. Fizemos outra simulação de um voo saindo de São Paulo rumo a Florianópolis, no feriado da Independência. Entre os dias 7/9 e 9/9, a passagem sem escalas custa R$ 626*. Se você optar pelo bilhete com escala em Brasília, o valor cai para R$ 564, uma economia de R$ 62. Por mais que o tempo gasto seja maior, qualquer economia compensa para desfrutar de uma viagem sem dores de cabeça e sem dívidas.

Por outro lado, vale alertar que algumas escalas podem encarecer muito a sua passagem. Tudo dependerá do trecho escolhido e de onde a parada ocorrerá. Não existe regra para conseguir voos mais em conta. Por isso, é importante pesquisar e aplicar variáveis a fim de encontrar um preço que caiba no seu bolso.

*Valores pesquisados em 16/04 às 15h00.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Gabriella Bertoni
Gabriella Bertoni
Repórter, produz matérias para o Finanças Femininas. Apaixonada por livros e por contar histórias, é recém-chegada em São Paulo e ainda está completamente perdida, mas adorando a cidade.
Fale comigo! :) gabriella@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

inflacao-juros-aluguel-igpm 01

17 de setembro de 2018

Se você nunca se liga ao noticiário de economia, atenção: a inflação e os juros afetam, e muito, o reajuste do seu aluguel. Entenda como e por que isso acontece!

milhas-no-cartao

22 de setembro de 2017

Ter milhas no cartão de crédito é uma delícia, mas cuidado para não se endividar! Carol Sandler mostra como o controle financeiro te ajuda a fugir dessa enrascada.

mentiras-dinheiro

8 de novembro de 2016

Cortar gastos simples da rotina, como o refrigerante do almoço, podem lhe ajudar a economizar mais de mil reais em um ano. Confira as dicas da Carol Ruhman.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas