7 perrengues que toda estagiária já passou ou ainda vai passar

18 de agosto de 2018 - Por

dia-do-estagiario

quem ama, compartilha!

Hoje é o dia de uma das pessoas mais importantes de qualquer escritório: a que ajuda a resolver os problemas de toda a equipe, está sempre pronta para anotar tudo e, muitas vezes, a que sofre mais bullying. Dia 18 de agosto é comemorado o Dia do Estagiário, peça fundamental de qualquer empresa.

Mas isso não quer dizer que as estagiárias não passem por perrengues durante o início da carreira. Para comemorar esse dia tão especial, separamos 7 sufocos que toda estagiária já passou ou ainda vai passar. Confira:

Ps.: vamos aproveitar para mandar um grande beijo à nossa estagimusa, Flavinha. Você arrebenta, garota!

1 – Preparar o café (ou um lanchinho) para a equipe

A primeira experiência de trabalho é, sem dúvida, uma das mais importantes da carreira de qualquer profissional. Esse é o momento perfeito para procurar novas oportunidades, absorver o máximo de conhecimento possível e… aprender a preparar lanchinhos para os colegas.

Quem nunca ficou responsável por organizar as festinhas dos aniversariantes do mês ou levar o café para o chefe durante uma reunião? Brincadeiras à parte, pode acreditar que tudo isso faz parte do seu aprendizado – você aprenderá a conviver em equipe e ter mais responsabilidades.

2 – As responsabilidades aumentam, enquanto o salário…

No universo dos estágios é possível encontrar de tudo um pouco, desde bolsas decentes com vários benefícios a remunerações que mal dão para pagar as impressões de trabalho da faculdade. Eu, por exemplo, assinei meu primeiro contrato de estágio, em Brasília, com um salário de exatos R$ 333, 30 (nunca me esquecerei desse valor).

Mas tudo bem, essa é só a sua primeira oportunidade de muitas que virão. Aproveite ao máximo para aprender e fazer algo fundamental para a vida adulta: networking. Afinal, tem sempre alguém, que conhece alguém, que pode te ajudar no futuro.

3 – Rejeitar convites de almoço (mesmo estando com fome)

Quantas vezes você deixou de almoçar com o chefe ou os colegas de trabalho porque não tinha vale-refeição – ou ele já havia acabado devido aos lanchinhos antes da aula? Desencana que isso é normal e levar a marmita ainda te poupará uma boa grana.

Por outro lado, combinar esse almoço com certa antecedência, para que você possa se organizar financeiramente, te ajudará a conhecer melhor as pessoas com as quais você trabalha.

4 – O passe estudantil acabou, e você terá que pagar a passagem de ônibus

As aulas da faculdade estão acabando, o cheirinho de férias está no ar e você só consegue pensar que o passe estudantil será bloqueado? Também já passei por isso! Não são todos os estágios que oferecem o vale-transporte e, por conta disso, é normal as estudantes aproveitarem o benefício para economizarem mais durante o mês.

Nessas situações, vale sentar para conversar abertamente com os seus superiores para que eles analisem um reajuste na bolsa. Afinal, aprender é importante, mas a empresa precisa garantir a quantia suficiente para que você se desloque até o estágio.

5 – Ser a pessoa mais zoada da repartição

Parece até que no contrato de estágio tem uma cláusula obrigatória sobre pegadinhas com a estagiária. Vale lembrar que não entram aqui nenhum tipo de brincadeira ofensiva ou constrangedora, pois isso não deve ser admissível em lugar algum.

Se toda brincadeira é feita com respeito,isso significa que a equipe gosta de você e do seu trabalho. Afinal, costumamos brincar com aqueles que amamos. Aproveite para fazer amizade com os colegas e deixar o ambiente de trabalho mais descontraído.

6 – Chegar atrasada na aula por conta de uma alteração no trabalho

Você chega no trabalho, programa todos os seus afazeres do dia e precisa sair no horário certo para pegar o único ônibus possível para chegar no horário da aula. Faltando 15 minutos para o final do seu expediente, pedem uma alteração no trabalho, você perde o ônibus e precisa sair correndo atrás do próximo para não perder a aula. Sabemos que você já passou por isso – ou esse dia ainda vai chegar.

Mas lembre-se de que essa é uma situação esporádica. O estágio serve para complementar o seu aprendizado acadêmico e não para atrapalhar os seus estudos. Se o atraso no horário de saída acontece com frequência, pondere conversar com o seu chefe para organizar melhor as suas tarefas.

7 – O curso está acabando e ainda tem o estágio obrigatório

Em alguns cursos específicos, você precisará encarar o estágio obrigatório. Mas calma, que ele é extremamente importante para a sua profissão. Por já ser no final do curso, esse é o momento de colocar tudo o que aprendeu durante a graduação em prática e conhecer como é o mercado de trabalho na sua área.

A melhor notícia que posso dar para todas as estagiárias que acompanham o nosso site é que essa fase passa e, mais rápido do que possa imaginar, você estará com o seu diploma nas mãos. Posso dizer também que sentirá saudade do frio na barriga do seu primeiro dia de estágio e terá ótimas lembranças de todos que ajudaram a construir a sua carreira profissional. Feliz Dia do Estagiário!

Fotos: Fotolia e GIPHY

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Gabriella Bertoni
Gabriella Bertoni
Repórter, produz matérias para o Finanças Femininas. Apaixonada por livros e por contar histórias, é recém-chegada em São Paulo e ainda está completamente perdida, mas adorando a cidade.
Fale comigo! :) gabriella@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

feriado-prolongado(2)

6 de setembro de 2018

Se divertir no feriado prolongado não quer dizer gastar muito dinheiro. Separamos 5 dias baratinhas ou gratuitas para curtir o Dia da Independência do Brasil. Confira!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas