As dúvidas mais comuns sobre investimentos

5 de junho de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Investir é a melhor forma de garantir uma vida tranquila para você no futuro. No entanto, pode ser um assunto complicado – a sensação é que quanto mais lemos sobre o assunto, mais dúvidas aparecem. Esse é o caso de muitas das nossas leitoras – e é completamente normal! Demora um tempo para ganhar intimidade financeira – mas isso é fundamental para investir de forma acertada.

Essa e muitas outras dicas estão abaixo no nosso bate-papo com Marcio Neubauer, mestre em finanças pela universidade de Chicago e sócio diretor da empresa SomaInvest. Além de entendido do assunto, Marcio fala de forma simples e direta ao explicar de investimentos. Veja mais:


F.F.: Existe diferença entre os homens e as mulheres quando o assunto é dinheiro?
Marcio:
Sim, existe. Os homens, na sua maioria, acreditam que sabem lidar bem com o dinheiro, o que é um erro. As mulheres, na sua maioria, acreditam que não sabem lidar com o dinheiro, o que também é um erro! O dinheiro é uma ferramenta. Nada mais é do que uma “ponte” que a leva para o “destino” escolhido. Vocês, mulheres, precisam saber lidar com essa ferramenta e ter clareza. É como treinar na academia. Quanto mais tempo aperfeiçoando o uso do dinheiro, melhor será sua performance. Reflita: quanto tempo você exercita seu músculo financeiro por dia, mês e ano?

Para investir precisa ter muito dinheiro?
Não. Hoje existem vários instrumentos que permitem investimentos com valores bem reduzidos. Entretanto, vale ressaltar, alguns investimentos oferecem melhores retornos quando o montante inicial é maior. Com valores abaixo de R$ 100, dá para ir além da poupança e investir no programa do Tesouro Direto, em ações ou em fundo imobiliário. Basta ter uma conta em uma corretora. O meu conselho é: programe-se para investir todo mês. Pessoas mais consistentes sempre levam a melhor no médio e longo prazo.

Quais são as principais armadilhas na hora de investir?
1ª) As  loterias. Esteja ciente que investimento não é jogo. Títulos de capitalização, ações, fundos e até imóveis podem ser loterias. Precisa conhecer para investir.
2ª) Os custos. Antes de investir e sonhar com o retorno, precisa entender qual o rendimento líquido de cada opção, depois das taxas e impostos deduzidos. Exemplos clássicos são as taxas de carregamento e administração no fundo de previdência. Dependendo, podem afetar diretamente seu rendimento.
3ª) Tempo X Custo. Por exemplo, vale a pena investir em imóveis? Coloque na ponta do lápis os impostos, taxas de condomínio e manutenção.
4ª) Liquidez. O tempo e da forma em que você recebe o seu dinheiro interferem diretamente na sua escolha de aplicação.

Existem muitas opções de investimentos. Como escolher?
Apesar de termos sonhos, não podemos esquecer que risco e retorno sempre andam juntos. O autoconhecimento é uma chave importante. Qual é o seu perfil? Faça um portfólio, ou seja, faça mais de um tipo de investimento. Isso permite um retorno esperado com um risco menor. Conte com a ajuda de especialistas. Sugiro que procurem profissionais independentes, mas que vão permitir uma análise transparente e sem potenciais conflitos de interesse.

Para não errar é preciso entender do assunto. Qual a forma certa para ter essas informações?
Sites, jornais, revistas e blogs de profissionais gabaritados são o ponto de partida. Entretanto, muita informação pode causar paralisia e frustração. Por isso eu bato na tecla de que precisamos ter intimidade financeira. Cada vez mais treinada e capacitada, a mulher pode transformar informações em conhecimento e em ação. Procure ajuda profissional e desconfie dos gerentes de bancos e agentes autônomos.

Quais são os principais medos na hora de investir?
1) Perder tudo o parte ou o valor investido.
2) Perder a oportunidade de ter feito um investimento que poderia render mais.
3) Ganhar um problema. Por isso é ideal sanar todas as dúvidas. Você corre o risco de descobrir dificuldades que estavam escondidas ou inexistentes até a data do investimento.

Tem alguma sugestão de entrevista? Conte pra gente.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

fundos-de-investimento-renda-fixa-ou-poupança

13 de fevereiro de 2019

Simulação da Anefac mostra que, com a Selic a 6,5% a.a., poupança bate fundos de renda fixa com taxa de administração alta. Descubra quais!

investimento-imobiliario-ganhar-dinheiro-aluguel-casa-01

12 de fevereiro de 2019

Quer ganhar dinheiro com investimento imobiliário? O primeiro passo é saber como aplicar o dinheiro que você ganha ao alugar casa ou apartamento. Saiba mais!

tudo-sobre-renda-fixa-tesouro-direto-cdb 01

24 de janeiro de 2019

Quer investir em renda fixa mas não sabe por onde começar? Conheça suas opções, entre Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs, RDBs e muito mais!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas