Bolsa cai nesta quinta por resultados econômicos negativos nos EUA

16 de abril de 2020 - Por

Coronavírus abala economia americana e derruba Bolsa nesta quinta

quem ama, compartilha!

Esse texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: -1,19% (77.812 pts)

Dólar: +0,27% (R$ 5,25)

Casos de coronavírus: 29.971 confirmados e 1.866 óbitos (fonte: Ministério da Saúde)*

Resumo:

  • Ibovespa fecha em baixa com más notícias vindas dos EUA;
  • Luiz Henrique Mandetta é demitido do ministério da Saúde; substituto é o oncologista Nelson Teich;
  • 60% dos pequenos negócios têm dificuldade em pegar empréstimo, segundo Sebrae;
  • Novo lote de depósitos do auxílio emergencial é depositado nesta quinta.

Esta quinta-feira (16) trouxe muitas informações para o mercado financeiro digerir. Apesar de abrir em alta, o Ibovespa seguiu as bolsas americanas, que caíram graças aos dados de desemprego dos Estados Unidos. De acordo com números divulgados hoje pelo Departamento do Trabalho do país, 5,245 milhões de pessoas solicitaram seguro-desemprego por lá na semana terminada em 11 de abril. Em um mês, 22 milhões de americanos já solicitaram o auxílio.

Diante da nítida contração da economia americana, o mercado segue na expectativa de que Donald Trump, presidente do EUA, anuncie diretrizes para a reabertura gradual do mercado no país.

Falando em espera, depois de semanas de mal estar, o agora ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou em seu Twitter sua demissão. No final da tarde, o presidente Jair Bolsonaro conduziu uma entrevista coletiva para anunciar o novo nome da pasta, o oncologista Nelson Teich.

Essa notícia soma-se ao mar de incertezas sobre o cenário que o coronavírus trouxe para o mundo. Continuaremos de olho para contar novidades nos próximos resumos.

Coronavírus abala economia americana e derruba Bolsa nesta quinta

Pequenos negócios estão com dificuldade em pegar empréstimo, segundo Sebrae

No meio da dificuldade para manter o empreendimento em pé com a crise causada pelo coronavírus, muitos empreendedores estão buscando crédito – mas sem sucesso, de acordo com pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O levantamento apontou que 60% dos pequenos negócios que buscaram empréstimo desde o início da crise tiveram o empréstimo negado.

A pesquisa ouviu 6.080 empreendedores de todo o território nacional e também concluiu que 88% das pequenas empresas sofreram queda no faturamento, sendo a perda média de 75%. A negação do crédito se torna ainda mais dramática quando o levantamento aponta que 55% dos negócios precisarão pedir ajuda aos bancos para manter o negócio funcionando sem demissões.

Por que você precisa saber? Diante da recusa dos grandes bancos em conceder crédito, buscar fintechs pode ser uma boa – contamos mais sobre elas nesta matéria, clique e veja. Apenas tome cuidado com as condições de pagamento, especialmente os juros.

Novo lote de depósitos do auxílio emergencial é depositado nesta quinta

De acordo com o calendário da Caixa Econômica Federal, hoje foram feitos os depósitos do auxílio emergencial para pessoas inscritas no Bolsa Família cujo último dígito do Número de Identificação Social (NIS) é igual a 1. Estima-se que o valor cairá na conta de 1.360.024 de pessoas hoje.

Esta sexta (17) terá pagamento para beneficiários do programa social com final do NIS igual a 2.

Por que você precisa saber? Beneficiários do Bolsa Família têm uma agenda especial para receber a renda básica emergencial, dependendo do último dígito do NIS. Os pagamentos do primeiro lote irão até o final de abril.

*Até o fechamento do texto

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter e produtora, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

Apesar de conflitos no Brasil e EUA, Bolsa fecha em alta nesta segunda (1º)

1 de junho de 2020

O Ibovespa ignorou os conflitos políticos e manifestações antifascismo e antirracismo nos EUA e Brasil, fechando em alta puxada pelos bancos. Veja mais.

Apesar do coronavírus e queda no PIB, Bolsa tem melhor maio desde 2009

29 de maio de 2020

Apesar do coronavírus e da queda de 1,5% no PIB do 1º trimestre, a Bolsa se livrou da “maldição de maio” e fechou com alta. Entenda o motivo.

Tensão entre governo e STF derrubam Bolsa nesta quinta (28)

28 de maio de 2020

O embate entre governo e STF pelo inquérito das fake news deixou o mercado financeiro inseguro, derrubando o Ibovespa. Desemprego bateu recorde. Veja mais.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas