Campanha mostra como os espaços políticos precisam de mais mulheres

14 de outubro de 2015 - Por

campanha more women

quem ama, compartilha!

O cenário político internacional conta com grandes representações femininas – como Angela Markel e Hillary Clinton – bem como existe uma nova geração de mulheres engajadas em criar conteúdo inteligente e levar debates feministas ao mundo do entretenimento, como Emma Watson e Lena Dunham. Ainda assim, a realidade é que os homens continuam ocupando a maior parte dos cargos de liderança.

Para atentar sobre este problema, a revista Elle britânica lançou a campanha #MoreWomen (ou #MaisMulheres) para uma edição especial sobre feminismo e usou o photoshop para remover os representantes do sexo masculino de fotos de debates e outros momentos importantes para a política e a sociedade. Com o objetivo de tornar a situação ainda mais visível, a revista divulgou um vídeo com as montagens e a gritante diferença em espaços como programas de comédia ou importantes conferências na ONU, que ficam quase vazios ao destacar somente as mulheres presentes.

Segundo a revista, o objetivo é incentivar as mulheres a ocuparem cargos de liderança e de expressão na sociedade e torna-la mais igualitária, e não impedir que os homens continuem seus trabalhos. “A história sobre como mulheres em posições fortes apoiam e empoderam umas as outras é constantemente ignorada enquanto o mito de que nós colocamos umas contra as outras continua. Nós queremos mudar esta narrativa em nossa edição sobre feminismo e criar uma conversa mais positiva – para refletir o poder feminino, e apoiar umas as outras enquanto contribuímos para a igualdade mundial”, afirma a revista no site oficial da campanha.

Veja o resultado:

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Avatar
Karoline Gomes

Leia em seguida

informacao-jovem-mulher

1 de abril de 2016

Carol Ruhman recebe Letícia Bahia, psicóloga da revista online AzMina, que fala sobre o trabalho de empoderamento com mulheres jovens.

plano-de-menina

1 de março de 2016

Carolina Ruhman Sandler faz parte de um banco de talentos que levará debates e workshops para meninas de 14 a 18 anos.

igualdade_genero

25 de fevereiro de 2016

A responsabilidade de cuidar da casa, dos filhos e até do marido ainda é um peso paras as mulheres.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas