Cartão internacional: dólar será travado no dia da compra, anuncia BC

Cartão internacional: dólar será travado no dia da compra, anuncia BC

Só quem faz compras internacionais – seja viajando ou comprando online – sabe o sufoco que é esperar o fechamento da fatura para saber o valor do dólar que será considerado para bancar as despesas. Porém, essa história vai mudar: na última quarta-feira (28), o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, anunciou que as compras no cartão internacional terão o dólar travado no dia da compra. Porém, a medida – que valerá para todos os gastos feitos em moeda estrangeira no cartão de crédito – entrará em vigor apenas em 1º de março de 2020.

“Acreditamos que o consumidor vai se sentir mais confortável sabendo quanto está gastando”, afirmou Goldfajn em entrevista coletiva. De acordo com o presidente do BC, a ideia é aumentar a previsibilidade dessas compras para o consumidor.

“Acredito que essa medida é muito benéfica. Hoje, as pessoas ficam muito inseguras com a evolução da taxa de câmbio entre a compra e o fechamento da fatura. Às vezes, esse medo faz com que as pessoas nem efetivem a compra. Essa incerteza é muito ruim pro mercado é péssima para o consumidor”, defende Juliana Inhasz, professora do curso de Economia da FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado).

Até que a medida entre em vigor, o que fazer?

Como economizar nas compras com dólar no cartão internacional

De acordo com Inhasz, o anúncio feito pelo presidente do BC apenas tornará obrigatório um movimento que muitas operadoras de cartão de crédito já estão fazendo. Assim, a decisão do BC é um incentivo a mais para todas as operadoras adotarem este sistema de travar a cotação da moeda estrangeira no dia da compra.

cartao-internacional-dolar-turismo-banco-central 02

Por isso, vale a pena checar quais instituições financeiras asseguram este direito. “Não são muitas, mas vale procurar essa informação e privilegiar as empresas que já tenham aderido a essa prática”, recomenda.

Para quem não tem essa possibilidade, será necessário ficar de olho na taxa de câmbio – não apenas das últimas semanas, mas verificando o histórico de até seis meses. “Veja qual foi o valor mais alto dos últimos tempos e prepare-se para a possibilidade de sua compra internacional chegar a este patamar. Pense: ‘Como ficará minha situação financeira se a taxa de câmbio subir tanto?’ Assim, você não levará nenhum susto e saberá se ainda vale a pena comprar este item lá fora”, indica.

Outra dica é fazer sua compra internacional o mais próximo possível do fechamento: isso não a ajudará e economizar, mas terá um ótimo efeito psicológico ao diminuir o tempo que você ficará ansiosa, esperando o fechamento da fatura do cartão internacional.

Viagem internacional: como economizar com o dólar turismo

Comprar dólar aos poucos é uma das dicas mais eficientes para economizar. “Pode ser que hoje ele esteja a um preço, mas amanhã esteja mais baixo. Por isso, nunca compre tudo de uma vez. Assim, você assegura que pagará um preço médio”, ensina Inhasz. A exceção é se a moeda cair muito de repente.

Quer mais dicas para economizar com o dólar turismo durante viagens internacionais? Veja aqui!

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Você gostou desse conteúdo?

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

close