Casais que trabalham juntos: separando a vida profissional e pessoal

8 de junho de 2016 - Por

casais-que-trabalham-juntos

quem ama, compartilha!

Se você e seu amor trabalham juntos ou são donos de uma empresa, saber separar a vida profissional da pessoal é essencial – tanto para o bem dos negócios como do relacionamento.

“No início é muito difícil fazer essa separação, mas com o passar do tempo, entendemos que quanto mais misturamos assuntos pessoais com profissionais, menos o trabalho rende e pior fica a relação”, afirmou Neiva Maróstica, professora do IBE-FGV e doutora em administração. Ela e o marido trabalham juntos como sócios em duas empresas há quase dez anos.

“No trabalho, temos que tentar ser mais racionais, ver o parceiro como um funcionário, como um colega de trabalho”, aconselha.

Como separar as coisas

Segundo Neiva, se o casal puder trabalhar em salas diferentes é melhor. Também não é necessário almoçar sempre juntos.

É importante que a individualidade seja mantida e que cada um respeite os próprios horários e rotinas. “O casal pode ir e voltar do trabalho separado”, recomenda a especialista. Segundo ela, um exemplo de situação que não é saudável é quando um dos dois termina as tarefas e tenta acelerar o outro para que possam voltar juntos.

empresa-de-casal

Se tiverem assuntos pessoais para resolver, como quem irá buscar os filhos na escola, decidam tudo antes do trabalho.

Quando um é chefe do outro, trabalhar junto pode ser um desafio ainda maior, que exigirá muito profissionalismo. Independente do cargo que ocupem, é importante que um olhe para o outro como parceiros, e não como concorrentes.  

Mas e se o casal já têm consciência de que precisa separar a vida profissional da pessoal e não consegue? Nesse caso, será preciso conversar e montar um plano para que passem a separar as coisas. “Uma comunicação clara e sem melindres entre os dois funciona muito bem”, afirma a professora.

Vantagens de trabalhar juntos

Embora trabalhar com quem se ama possa ser um desafio, também traz recompensas. “Se os dois chegam nervosos em casa, vocês entendem, sabem o que aconteceu. Vocês estão construindo algo em prol da família, têm o mesmo objetivo, remam juntos. A compreensão e a parceria aumentam. Isso é fantástico”, destaca Neiva.

Segundo ela, a confiança e a admiração entre os dois também cresce, o que fortalece o relacionamento. “Você começa a admirar mais o marido, passa a admirá-lo também como profissional”, afirma.

Então, se você trabalha com seu amor, esforcem-se para separar bem as coisas. Quando estiverem fora do horário de trabalho, terão muitos assuntos para conversar! Se tiverem maturidade para lidar com a situação, se tornarão grandes parceiros e a relação poderá ficar ainda melhor. 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

  

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

16 de julho de 2019

Nesta terça (16), Carol Sandler, fundadora do Finanças Femininas e coaching financeira dá um grande passo em sua carreira com o lançamento da TV Carol, a primeira TV digital por streaming de uma influenciadora brasileira. A nova plataforma vai expandir horizontes e ampliar o alcance dos conteúdos sobre educação financeira para empoderar mais mulheres. Será […]

conselhos-profissoes-carreira-masculina-machismo

2 de julho de 2019

Para lidar com o machismo em carreiras “masculinas”, uma das dicas é reprogramar o cérebro. Veja esse e mais conselhos baseados em pesquisas.

24 de junho de 2019

Quando o final de semana acaba é um drama! Já ficamos ansiosas para o próximo, né? Veja três coisas que pode fazer para mudar a sua semana.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas