Como conduzir a separação com os filhos?

5 de agosto de 2015 - Por

criancas-divorcio

quem ama, compartilha!

Quando o casal opta por se separar, o impacto emocional já é grande para os adultos, imagina então para as crianças? Mais do que cuidar das questões práticas, como organização do orçamento e pensão, é preciso pensar também em como conduzir este momento com as crianças. Confiram as orientações das meninas do iSeparei

Quando o casal já não tem uma boa relação, surgem muitas dúvidas do que fazer. Manter a união pelo bem dos filhos ou separar para o bem de todos? Como agir para evitar maiores consequências emocionais?

É importante saber que já há um consenso, permanecer casados para poupar os filhos da separação não é uma garantia de felicidade. Filhos de pais separados são mais felizes do que filhos de casais que vivem num ambiente hostil e sem amor.  Não é a separação que faz os filhos sofrerem e sim a forma como ela é conduzida.

Seguem algumas dicas:

1-     Reunir a família e comunicar juntos carinhosamente e calmamente a decisão da separação. Frisar que a separação é do marido e mulher e não do pai e da mãe;

2-     Dizer o quanto os ama e que a e decisão foi tomada exclusivamente por incompatibilidades entre eles;

3-     Não modificar a rotina dos filhos;

4-     Compreender que esse momento é delicado para todos e que provavelmente eles precisarão de mais atenção e carinho;

5-     Lembrar que as crianças não tem culpa do que aconteceu, não os puna se mãe arranjou um namorado ou se o pai não paga a pensão;

6-     As visitas são sagradas, não deixe de buscá-los ou visitá-los nos dias combinados, eles estarão esperando ansiosamente;

filhos-separacao

7-     Procurar manter um diálogo respeitoso com o ex, especialmente nos assuntos de interesse dos filhos. Não mande recado, simplesmente ligue ou envie uma mensagem;

8-     Nunca fale mal um do outro na frente ou diretamente aos filhos mesmo que você esteja muito magoada;

9-     Estejam sempre presentes e, se possível, juntos nos momentos importantes para os filhos;

10-  A guarda compartilhada é uma boa opção se houver um bom relacionamento entre os pais. É saudável para o filho ter o pai e mãe presentes no seu dia a dia;

11-  As decisões relativas a educação, saúde e bem-estar dos filhos é de interesse de ambos, portanto, devem ser tomadas em conjunto;

12-  Faça uma separação amigável e não deixe que os conflitos do casal prejudiquem o relacionamento com os filhos;

13-   Preserve uma boa relação e convivência entre todos.

 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com o Iseparei.

Fotos: Shutterstock

 

A empresária Thais Mucher e a advogada Dra Eugênia Zarenczanski conversam diretamente com mulheres que estão passando pelo fim de um relacionamento. Além de dicas e reflexões que dão apoio emocional e conforto psicológico, trazem também conselhos legais para auxiliar de forma prática.

 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

iSeparei
iSeparei
Vida que segue

Leia em seguida

traicao-casal

16 de maio de 2018

Para passar pelo divórcio depois de uma traição, é importante se manter centrada e buscar formas de cuidar da parte mais importante, você mesma! Confira dicas de especialistas.

preparar-financeiramente-divorcio

20 de maio de 2016

O casamento não faz mais sentido e você quer se divorciar? Veja como se preparar para não ter dificuldades financeiras.

mudar-regimes-de-bens

12 de abril de 2016

A definição do regime de casamento pode ser um dilema. A possibilidade de mudança também gera muitas dúvidas, veja como proceder.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas