Como doar seu Imposto de Renda para caridade

8 de abril de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

O prazo para entregar o Imposto de Renda está chegando ao limite – 30 de Abril. Como já explicamos, em 2013 houve diversas mudanças na entrega. Uma delas para melhor: neste ano, ficou mais fácil doar e disponibilizar a sua contribuição para instituições de caridade.

Funciona da seguinte maneira: ao invés de destinar o imposto pago para o governo, pode doar o valor para entidades beneficentes voltadas para crianças e adolescentes. Desde 1992 foi criado o Fumcad (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) que ajuda instituições beneficentes que ajudam crianças e adolescentes brasileiras.

Em 2013, a prática de doação ficou mais fácil porque o próprio programa do Imposto de Renda lista quais são as instituições que podem receber a quantia doada. Só que não pode dar tudo, apenas de 3% a 6% do valor. E não precisa sofrer pra calcular, o sistema faz isso automaticamente.

Dessa forma você ajuda pessoas que estão precisando. Para fazer uma simulação e saber quanto você pode doar, acesse o site da Receita Federal e faça um cálculo fictício do que será abatido no IR.

O único fato que pode desagradar o contribuinte é que não é para qualquer casa beneficente que é pode receber a doação. As instituições têm que estar cadastradas na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Verifique com antecedência para não errar e destinar seu dinheiro da maneira certa.

Para doar
Essa possibilidade de doação só é permitida para pessoas que declaram em modelo completo. Para começar, ao preencher sua declaração de imposto de renda, clique na ficha “Doações diretamente ao Estatuto da Criança e do Adolescente”.

Escolha quais são as instituições que quer beneficiar. Diga quanto quer debitar – lembre-se do limite estabelecido pelo programa. O programa vai emitir uma DARF (documento de arrecadação de receitas federais), um boleto bancário gerado automaticamente.

Depois que tiver em mãos a DARF, basta pagar numa agência bancária e pronto! Lembre-se que só aceitam o pagamento em dinheiro e pela pessoa que está fazendo a doação. Você pode fazer isso até o último dia da declaração, 30 de abril.

Para saber mais sobre as regras das doações entre no site da Receita Federal. Lá tem tudo explicadinho e pode facilitar a sua vida para doar.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

educacao-financeira-pais-de-primeira-viagem 01

19 de fevereiro de 2019

Dar exemplo é apenas a primeira dica para pais de primeira viagem ensinar educação financeira para crianças. Carol Sandler ensina aqui outros segredos fáceis de aplicar!

despesas-variaveis-orcamento

18 de fevereiro de 2019

Conta de luz e supermercado são chamados custos variáveis, que mudam todo mês. Como separar grana pra eles no orçamento? O segredo é anotar tudo. Entenda!

quem-manda-voce-ou-seu-dinheiro 01

14 de fevereiro de 2019

Você faz o que quer com seu dinheiro ou ele que te impõe limites? Dá para arrumar as finanças mesmo com dívidas. Veja como não deixar sua grana te controlar!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas