Como fica o seu poder de compra com a queda dos juros?

10 de dezembro de 2012 - Por

Juro inflação investimentos retorno rentabilidade taxas Imposto

quem ama, compartilha!

Se você tem acompanhado um pouco o noticiário, a taxa de juros no Brasil vem caindo bastante nos últimos anos. Para você ter uma ideia, no final de 2004, a taxa de juros da economia brasileira era 17,5% ao ano e a inflação, 7,5% ao ano. Ou seja, o juro real da economia era 10% ao ano.

Mas espera, o que isso quer dizer? Se você investisse o seu dinheiro em títulos do governo ou em outras aplicações conservadoras, ganharia 10% de poder de compra de um ano para o outro. Isto é, poderia comprar uma bolsa 10% mais cara no final de 2005!

Hoje, a taxa de juros da economia brasileira é 7,25% e a inflação, 5,5%. Ou seja, o juro real é 1,75%. Sabe o que isso significa? Que se você quiser manter o mesmo conservadorismo nos seus investimentos, só vai conseguir comprar uma bolsa 1,75% mais cara!

Ou seja: está muito mais difícil investir e obter retornos altos sem correr tanto risco. Junto com todas evoluções da economia brasileira, também mudou o nosso paradigma de investimentos. Para ganhar a mesma coisa que antes, hoje você precisa escolher melhor. E como lidar com essa nova situação?

Confira as nossas sugestões para te ajudar a conseguir uma rentabilidade melhor:

Reveja o perfil da sua carteira. Quão conservadora ela está? Será que uma parcela não aceita um risco ou prazo maior?

Cheque com muita atenção todas as taxas cobradas. Todos fundos de investimento cobram taxas de administração, performance, carregamento, custódia. Muitas taxas ficam escondidas no extrato da nossa conta e nem percebemos – e com isso, perdemos uma parte importante do nosso retorno!

Preste atenção ao Imposto de Renda. Há investimentos isentos, investimentos com IR regressivo ou com IR fixo. Pode não parecer, mas isso faz muita diferença na rentabilidade dos seus investimentos.

Mais do que nunca precisamos estar atentas às taxas que os bancos cobram e ao perfil da nossa carteira! Se não fizermos isso, teremos que nos contentar em comprar bolsas cada vez mais baratas… Brincadeiras à parte, são formas importantes de você garantir que o seu dinheiro rende como você espera!

Você ficou com alguma dúvida? Tem alguma história bacana para contar sobre como você investe? Compartilhe nos comentários!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

fundos-de-investimento-renda-fixa-ou-poupança

13 de fevereiro de 2019

Simulação da Anefac mostra que, com a Selic a 6,5% a.a., poupança bate fundos de renda fixa com taxa de administração alta. Descubra quais!

investimento-imobiliario-ganhar-dinheiro-aluguel-casa-01

12 de fevereiro de 2019

Quer ganhar dinheiro com investimento imobiliário? O primeiro passo é saber como aplicar o dinheiro que você ganha ao alugar casa ou apartamento. Saiba mais!

tudo-sobre-renda-fixa-tesouro-direto-cdb 01

24 de janeiro de 2019

Quer investir em renda fixa mas não sabe por onde começar? Conheça suas opções, entre Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs, RDBs e muito mais!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas