Como sair das dívidas? Saiba qual pagar primeiro

Como sair das dívidas? Saiba qual pagar primeiro

Saber como sair das dívidas é, antes de tudo, questão de organização. É por isso que, quando falamos em dívida, logo pensamos em baderna. Ter um financiamento desnecessário ou levar uma vida que você não pode bancar são os primeiros sinais que alguma coisa precisa mudar.

Para se livrar das dívidas, você precisa organizá-las. Veja como fazer isso a seguir.

Coloque as dívidas no papel

Essa é a parte mais assustadora de tudo. Pode acreditar, existem muitas pessoas por aí que não sabem qual é o tamanho das dívidas, apenas pagam o mínimo necessário. Esse é o problema, porque você precisa saber quanto está pagando! O melhor jeito de resolver tudo é colocar no papel.

Reúna todos os boletos de cobrança, faturas atrasadas e contas de financiamento. O frio na barriga vai vir, mas tenha coragem. Monte uma tabela. Em uma coluna, coloque o nome da dívida, na outra o valor total, numa terceira os juros que está pagando e na quarta, o prazo. Controle sua indignação.

Qual dívida pagar primeiro?

A primeira dívida a ser paga não é a maior, tampouco a menor. Eu conto qual nesse vídeo – mas você precisa assistir até o final para descobrir!

Cuidado com refinanciamentos de dívidas

A solução de muita gente é fazer um refinanciamento. Cuidado! Agir de cabeça quente e por impulso só trará mais descontrole. O jeito aqui é pensar e analisar conta por conta. Tente trocar dívidas mais caras por outras mais baratas, por exemplo.

Para isso você precisa entrar em contato com todas as empresas que deve. Seja sincera, humilde e mostre quais são as suas condições financeiras para todas. Diga que está disposta a pagar, mas que para isso precisa fazer uma negociação. Com muita paciência tudo dará certo!

como-sair-das-dividas-qual-pagar-primeiro-02

Monte uma estrategia para pagar a dívida

Por exemplo, se tiver o interesse em fazer um novo financiamento, pense e pesquise uma empresa que cobre menos juros. Veja a sua real possibilidade de bancar o novo negócio. Uma boa opção é o crédito consignado que costuma cobrar juros menores. Pense.

Se preferir ir pelo caminho tradicional de pagar uma por uma, melhor ainda. Saiba que você ficará apertada financeiramente por um tempo, mas será por um bom motivo. Faça uma estrategia para pagar tudo, siga firme e pronto! Comece sempre pelas mais caras, e não necessariamente pelas menores. Com certeza vai ter um bom aprendizado disso tudo.

A partir do momento que estiver sem nenhuma dívida é a hora de rever qual é o significado de compra. Assim que estiver no shopping ou supermercado, preste atenção no que sente ao passar o cartão. Tente encontrar o que aquilo significa para você e mude!

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Você gostou desse conteúdo?

carolinaruhman

Carol Sandler

Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

close