Conheça os melhores investimentos de 2018 (e os dois piores)

3 de janeiro de 2019 - Por

melhores-investimentos-2018-01

quem ama, compartilha!

Entender quais foram os melhores investimentos de 2018 pode lhe ajudar a definir como investir dinheiro em 2019. Ok, sabemos que águas passadas não movem moinhos – e, quando o assunto é mercado financeiro, a rentabilidade passada não garante os ganhos no futuro. No entanto, entender o que aconteceu em 2018 pode, sim, ajudá-la a definir uma boa estratégia para seu dinheiro crescer em 2019.

Os melhores investimentos de 2018

Ouro e dólar encabeçam a lista, com valorizações acumuladas de 16,93% e 16,92%, respectivamente, em 2018. A alta do dólar aconteceu no mundo todo, tanto por conta do aumento dos juros nos Estados Unidos quanto pela chamada guerra comercial entre EUA e China.

“A expectativa de uma nova crise global provocou uma insegurança nos agentes econômicos, que os levou a comprar títulos do Tesouro Americano, considerados mais seguros. Este mecanismo acaba valorizando o dólar no mercado internacional”, explica afirma Alexandre Espírito Santo, professor de Economia e Finanças do Ibmec-RJ.

“Além disso, a própria eleição brasileira acabou injetando muitas incertezas no front econômico, o que pressionou a demanda por dólar às vésperas do pleito”, completa. Com isso, de acordo com ranking da revista Exame, os fundos cambiais tiveram valorização acumulada de 20,16%.

Quem investiu em renda variável também pode ter colhido bons frutos: o Ibovespa, indicador de desempenho médio do mercado de ações brasileiro, acumulou alta de cerca de 15% em 2018. Apenas no dia 28 de dezembro, houve ganho de 2,84%, de acordo com a Agência Reuters. Apesar de causar preocupação em diversos aspectos sociais, o governo Bolsonaro tem sido visto positivamente pelo mercado, especialmente por causa do perfil liberal do ministro da Economia Paulo Guedes.

melhores-investimentos-2018-02

“Nesse sentido, abre-se espaço para que as empresas brasileiras sejam privatizadas, o que atrai os investidores, sobretudo os fundos locais, que começaram a projetar um 2019 mais favorável para o mercado acionário”, afirma Espírito Santo.

Apesar da aparente boa notícia, de acordo com a agência Bloomberg, em 2018, nossa Bolsa teve a maior saída de capitais estrangeiros desde a crise de 2008 – investidores estrangeiros retiraram 11 bilhões (US$ 2,9 bilhões) em recursos ao longo de 2018. Em matéria veiculada no site da revista Exame, os agentes do mercado justificaram essa saída tanto por questões externas quanto brasileiras, caso da greve dos caminhoneiros e das notícias negativas vinculadas ao presidente Jair Bolsonaro.

Já os fundos multimercados – que se tornaram mais populares desde a queda da Taxa Selic para 6,5% ao ano -, tiveram desempenho misto. “Alguns obtiveram resultados expressivos, outros nem tanto, basicamente refletindo o sobe-desce das cotações dos diversos ativos nos períodos pré e pós-eleitoral”, comenta o especialista.

Resumidamente:

  • Fundos cambiais;
  • ouro;
  • ações;
  • fundos multimercado.

E os piores investimentos?

A lanterna do ranking ficou com a poupança, com rendimento de 4,64% no período. Em penúltimo lugar, os fundos de renda fixa simples – a rentabilidade foi de 5,3% no ano. O motivo? Taxa Selic em 6,5%, o menor patamar histórico da taxa básica de juros brasileira.

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

renda-fixa-turbinada-aprenda-a-investir-em-debentures

8 de outubro de 2019

O mercado financeiro oferece uma opção de investimento em renda fixa para turbinar seus rendimentos: as debêntures. Saiba como investir em debêntures e ficar mais próxima de realizar os seus sonhos.

investimentos-5-erros-comuns-de-quem-acredita-que-sabe-demais

26 de setembro de 2019

Ler um pouco sobre investimentos faz algumas pessoas acharem que já entendem tudo e cometerem ESSES erros. Saiba quais para não perder dinheiro!

com-a-selic-a-5-5-investimentos-em-renda-fixa-ainda-valem-a-pena

19 de setembro de 2019

A taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, caiu 0,5 ponto percentual e alcançou o patamar de 5,5% ao ano. Foi o segundo corte consecutivo de 2019, efetuado pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC). O anúncio aconteceu nesta quarta (18) e confirmou a expectativa da maioria dos especialistas do […]

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas