Coronavírus: o que aconteceu no mercado financeiro nesta terça (17)?

17 de março de 2020 - Por

quem ama, compartilha!

Esse texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: +4,85% (74.617 pts)

Dólar: R$ 5,00

Casos de coronavírus: 314 confirmados (segundo secretarias estaduais de Saúde), 8.819 suspeitos e 1 óbito

Se na última segunda-feira (16) o mercado financeiro parecia estar derretendo por conta da crise do novo coronavírus (COVID-19), nesta terça (17) houve reação graças às medidas anunciadas pelo governo dos Estados Unidos. O programa de estímulos de US$ 850 bilhões (mais de R$ 4,2 trilhões) – que ainda precisa passar no Congresso – envolve até o envio direto de dinheiro para as famílias.

O banco central americano, também chamado de Fed, ainda comprometeu-se a comprar pelo menos US$ 500 bilhões (aproximadamente R$ 2,5 trilhões) em títulos do Tesouro e dívidas de curto prazo diretamente das empresas – além dos US$ 700 bilhões anunciados no domingo. Isso não acontecia desde 2008.

Aqui no Brasil, o ministro da Economia Paulo Guedes também anunciou na noite de segunda-feira (16) um pacote de medidas para conter os impactos do coronavírus (a seguir). As atitudes tomadas dentro e fora do País reacenderam certo otimismo no mercado financeiro: a B3 abriu com alta de mais de 3%. As bolsas de Nova Iorque também abriram em alta, mas com otimismo tímido.

Por que você tem que saber? Porque essas medidas afetam investidoras e não investidoras. Ainda estamos longe de um otimismo generalizado, então, segure os investimentos mais arriscados.

O que o Governo vai fazer para conter os impactos do coronavírus?

O pacote anunciado trará um total de R$147,3 bilhões em estímulos diretos, que pretendem colocar a economia para circular no curto prazo. Essas medidas serão divididas em três frentes:

1) Auxílio imediato à população mais vulnerável

  • Antecipar a segunda parcela do 13º de aposentados e pensionistas do INSS para maio
  • Será permitido juntar os valores do Pis/Pasep com o FGTS para permitir novos saques
  • Antecipar do abono salarial para junho
  • Reforçar o programa Bolsa Família com inclusão de mais de 1 milhão de pessoas

Como o coronavírus afetou o mercado financeiro hoje?

2) Manutenção de empregos

  • Empresas poderão adiar o pagamento do FGTS dos trabalhadores, assim como pequenas e médias empresas ficarão isentas do Simples Nacional por três meses. Segundo o secretário da Receita, José Barroso Tostes, o que deixar de ser pago neste período será diluído nos meses seguintes, até o fim deste ano.
  • Redução de 50% nas contribuições do sistema S por três meses
  • Crédito extra do PROGER / FAT para Micro e Pequenas empresas

3) Combate direto à pandemia

  • Destinação do saldo do fundo do DPVAT para o SUS
  • Até o final do ano, não será cobrado impostos de importação sobre produtos médico-hospitalares – segundo o ministro, serão 67 produtos com tarifas zeradas.
  • O pacote também isentou de IPI os produtos importados necessários para combater o coronavírus e desonerou temporariamente os insumos produzidos no Brasil que também sejam essenciais para os tratamentos.

Por que você tem que saber? É muito importante que a sociedade observe se essas medidas estão realmente surtindo efeito no dia a dia – principalmente sobre a camada mais vulnerável. É do interesse de todos! Também vale a pena ficar de olho se você poderá se beneficiar com alguma dessas decisões voltadas diretamente à população.

Matéria atualizada dia 18/03 às 17h51, com correção dos óbitos causados pelo novo coronavírus – 1, e não 2, segundo informações oficiais do Ministério da Saúde.

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter e produtora, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

Coronavírus derruba a Bolsa nesta sexta

27 de março de 2020

As más notícias sobre o coronavírus chegaram do mundo inteiro, o que afetou a Bolsa e o mercado financeiro. E como isso vai te impactar? Veja aqui!

Projeção do PIB para este ano é de zero, segundo Banco Central

26 de março de 2020

Impacto do coronavírus na economia é grande. Além disso, 3,28 milhões de pessoas deram entrada no seguro-desemprego nos EUA. Tudo isso vai te afetar, sim; veja como

Apesar de crise política e coronavírus, bolsa tem alta

25 de março de 2020

Boas novas vindas dos EUA no combate ao coronavírus animaram o mercado financeiro, apesar do discurso de Bolsonaro na terça (24). Veja como isso te afeta.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas