Descubra como perder o medo e se tornar uma investidora

6 de novembro de 2019 - Por

descubra-como-perder-o-medo-e-se-tornar-uma-investidora

quem ama, compartilha!

O medo de investir é um grande empecilho na vida de muitas mulheres. Em geral, elas ficam inseguras, acumulam desculpas para procrastinar e adiar a decisão. Entrar no mundo dos investimentos é um desafio que todo mundo deve enfrentar mais cedo ou mais tarde, se quiser ver a rentabilidade crescer.

Dinheiro parado na conta não rende e você pode cair a tentação de gastar com algo supérfluo. Investir é fundamental para realizar seus sonhos e, portanto, você deve perder o medo de investir.

Confira algumas razões que impedem as mulheres de investir e como se tornar uma investidora.

Administrar o próprio dinheiro é uma conquista recente

As mulheres têm medo de investir por falta de costume. Se para os homens, o mercado financeiro é um ambiente comum, para a mulheres é algo novo e que tem sido desbravado para que mais mulheres consigam mergulhar nesse universo.

Para você ter uma ideia, as mulheres conquistaram o direito de ter CPF individual e uma conta bancária sem autorização do pai ou marido, apenas no final dos anos 60. E foi nesse período que as mulheres também começaram a crescer no mercado de trabalho.

Dessa forma, a responsabilidade de administrar o seu próprio dinheiro é recente e, por isso, as mulheres ficam inseguras quando se trata de investir. Lidar com o medo de investir é uma construção diária de confiança, que só acontece quando você se joga no mercado financeiro e começa a investir.

Falta de conhecimento

Outro ponto que impede a entrada das mulheres no universo dos investimentos, é a falta de conhecimento sobre as opções que existem no mercado financeiro. Entre a poupança e as ações existe um caminho enorme que passa por títulos do Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA, fundos de investimentos, entre outros. É importante buscar informações e conhecer essas possibilidades para entender os riscos de cada aplicação e o que é mais vantajoso para cada perfil de investidora.

O perfil de investidora vai te ajudar a compreender sua tolerância de risco nas aplicações financeiras. Existem três tipos de perfis: o conservador que não quer tantos riscos e prefere abrir mão da rentabilidade para ficar com os investimentos mais seguros; o moderado está disposto a correr um pouco mais de risco, mas de forma mais equilibrada e por fim, temos o perfil arrojado que tem disposição para riscos mais altos visando retornos melhores.

Para descobrir qual o seu perfil, basta preencher o teste suitability que é oferecido pelas corretoras. Você não está sozinha, pode buscar informações e contar com o auxílio das assessorias de investimentos que vão te ajudar a escolher as melhores aplicações financeiras de acordo com o seu perfil.

Na Ella’s Investimentos você conta com um time de profissionais, incluindo, a Carol Sandler que estão empenhadas em desbravar o mercado financeiro pela ótica feminina e assim, mantém o foco nas mulheres e diversidade para tornar o mundo dos investimentos mais acessível. Você pode começar sua jornada de investidora enviando um e-mail para falecomellas@ellasinvestimentos.com.br.

E na TV Carol Sandler, você encontra muitos conteúdos para perder o medo, ganhar confiança e se tornar uma investidora. Não deixe de acompanhar.

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Carol Nogueira
Carol Nogueira
Repórter do Finanças Femininas, fã de David Bowie e John Coltrane. Passa o tempo livre pesquisando textos da Sylvia Plath e assistindo séries na Netflix.

Leia em seguida

ferramentas-investimento

27 de agosto de 2018

Quer investir mas não sabe por onde acompanhar como anda o mercado financeiro? Pois saiba que o primeiro passo é estar bem informada. Separamos 7 ferramentas úteis para te ajudar nessa empreitada. Confira!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas