Dilema: levar ou não as crianças para o supermercado

30 de agosto de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Antoniele Fagundes* 

Fazer compras já é uma tarefa cansativa. E tudo parece ficar pior se levarmos os filhos, não é mesmo? É quase uma batalha ir as compras acompanhada deles. Mas a atividade requer um preparo. Antes de entrar na loja devemos conversar com nossos filhos. Só assim a situação não vai fugir do nosso controle.

Uma boa dica que posso oferecer para você é que antes de sair de casa, já tenha em mão uma lista de compras. Saiba também qual é o momento do seu dia que tem mais disponibilidade de tempo. Lembra do ditado: “a pressa é inimiga da perfeição”? Então, nada de fazer compras de forma apressada. Caso contrário, além de se cansar, poderá esquecer de algum item da lista.

Nos dias que tiver muitas coisas para comprar, mas pouco tempo para isso, não leve seu filho. Se não tiver alternativas, escolha um momento em que ele está descansado, como uma manhã de sábado.

Muitas mães acham que a hora ideal para ir ao supermercado é depois da escola, mas essa não é uma boa alternativa. Normalmente as crianças saem da aula com bastante energia. Portanto, pense bem antes de levá-lo.

Explique em qual mercado você pretende ir e o que precisa comprar ali. Se ele souber escrever, peça ajuda para tomar nota dos alimentos. Por mais que no dia da compra o seu pequeno não se peça nada, inclua na lista artigos que sabe que ele gosta. Fale para ele que você está comprando especialmente para ele!

No caminho do mercado, vá conversando com sobre o que precisam comprar, por exemplo: carne, macarrão, leite, fruta e pães… Peça que seu filho tenha um pouco de paciência na hora e que se comporte. Se houver reclamação, fale que você vai ser rápida e que ao saírem terão um monte de coisas gostosas para comer em casa.

Depois que fizer tudo isso, finalize a conversa dizendo que as compras vão só comprar os produtos que estão na lista. A partir daí é com você, a regra tem que ser seguida pelos dois. Dê um bom exemplo e seja fiel à lista de compras, ok?

Espero que essas dicas ajudem aquelas mamães que passam por momentos complicados quando vão às compras com os filhos!

Um beijo grande,
Antoniele Fagundes

*Antoniele Fagundes estudou filosofia, psicologia e psicanálise. Atua como Consultora Familiar orientando familias em todas as questoes domésticas e familiares. Fale com ela através do e-mail antoniele@governess.com.br.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Governess Consultoria Familiar
Governess Consultoria Familiar
Organize-se

Leia em seguida

educacao-financeira-pais-de-primeira-viagem 01

19 de fevereiro de 2019

Dar exemplo é apenas a primeira dica para pais de primeira viagem ensinar educação financeira para crianças. Carol Sandler ensina aqui outros segredos fáceis de aplicar!

festa-infantil-luxuosa(2)

5 de setembro de 2018

Os exageros nas festas infantis podem influenciar não só na quantidade de dívidas dos pais, mas também na percepção de mundo dos pequenos. Saiba como isso pode prejudicar o seu filho!

faculdade_filhos

23 de maio de 2017

Quer fazer um planejamento financeiro certeiro para garantir a faculdade dos filhos? Veja como.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas