Estudos mostram: decisão de compra demora 2,5 segundos

14 de outubro de 2015 - Por

decisoes-de-compra-2,5-segundos

quem ama, compartilha!

*Carolina Ruhman Sandler

Quanto tempo você demora para tomar uma decisão de compra? Depende do que você está comprando, é claro. Bens como carros e imóveis podem demorar alguns meses… Mas e uma blusa que você gostou? Uma barra de chocolate no supermercado?

Estudos dizem que nós demoramos 2,5 segundos para tomar uma decisão de compra no impulso – isso mesmo, dois vírgula cinco segundos. Demora mais tempo para você ler esta frase do que para decidir entre duas marcas de sabão em pó!

Ou seja: muitas decisões que achamos que são super racionais na verdade não são. Pelo contrário! São fruto de impulso puro, baseada em nossas emoções. O que importa mais é a cor da embalagem, a celebridade que endossa, o fato de o comercial ter, de algum modo, criado algum impacto. Fatores que normalmente achamos que são insignificantes acabam tendo um poder enorme na nossa tomada de decisão.

E por sinal – qual foi o último comercial que chamou a sua atenção? Uma ação de marketing que mexeu com você? Há quanto tempo foi isso? Eu não sei você, mas para mim faz muito tempo.

Por isso, são fatores simples que nos influenciam. Se vi uma pessoa que admiro usando um sapato como aquele. Se vi uma pessoa bonita saindo da loja. Se o cheiro do produto de beleza me remeteu a alguma lembrança. E não o preço, a forma de pagamento, quanto você já gastou naquele mês (ou semana, ou dia). Isso fica para depois – a decisão já foi tomada!

compras-impulsivas

Então na hora de sair às compras, tente se lembrar deste texto. A tomada de decisão é, na maioria das vezes, fruto de um impulso emocional. Se aquilo faz sentido ou não para você (e para a sua conta bancária!), fica para o segundo plano. E com isso que você acaba comprando muita coisa que não precisa – ou às vezes, que acaba nem usando.

Não digo isso por ser contra fazer compras – pelo contrário! Eu adoro bolsas, sapatos e ter o modelo de iPhone mais recente. A minha ideia é apenas fazer uma provocação. Que tal, na próxima vez que você estiver em uma loja ou no supermercado, se questionar “Será que eu preciso disso” antes de colocar no carrinho e passar o cartão?

*Carolina Ruhman Sandler é a fundadora do site Finanças Femininas e coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva). Jornalista, tem 31 anos, é casada e mãe da Beatriz.

Fotos: Shutterstock

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

como-economizar-e-ganhar-dinheiro-extra-no-carnaval

18 de fevereiro de 2020

Dá para viajar no Carnaval, ir para os blocos, curtir com as crianças e economizar ou ganhar dinheiro extra. Veja como aproveitar os dias de folia!

passo-a-passo-para-organizar-as-finanças-pessoais-e-morar-sozinha

3 de fevereiro de 2020

A organização financeira é fundamental para morar sozinha. Por isso, trouxemos um passo a passo para organizar as finanças pessoais. Confira!

como-planejar-uma-viagem-barata-para-suas-próximas-férias

27 de janeiro de 2020

Se você não viajou em janeiro, esta é a hora de programar suas próximas férias. Por isso, trouxemos dicas de como planejar uma viagem barata. Leia mais!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas