Evite o descontrole financeiro a partir de hoje!

19 de agosto de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Comprar é uma delícia! Ter roupas da moda, carro do ano e uma casa na praia para descansar no final de semana é o sonho de muita gente. É difícil encontrar quem não almeje uma vida dessas. Porém o que muita gente esquece é de se perguntar: eu posso bancar este estilo de vida? Faça um raio-x da sua vida financeira e identifique quais são os principais problemas.

Um bom exemplo são das mulheres endividadas. Isso não é nada a normal, porém é importante você saber qual é o tamanho do rombo e como fará para se livrar de tudo de uma vez por todas. Entenda como usa o seu dinheiro e trace os objetivos no futuro. Só assim você vai conseguir fazer com que o seu dinheiro trabalhe por você e não você por ele.

Para tudo isso ficar mais claro, tem que perceber algumas características. Listamos algumas atitudes diferentes que farão você mudar de vida ou até evitar ficar perdida nas dívidas e nas cifras. Veja:

Você sabe qual é o seu perfil de consumidora?
Entenda que ter não é a mesma coisa que poder. Então, de que adianta você andar na moda, ter carro do ano, casa na praia, se não investe e não poupa nada? Você só vai se dar conta do tamanho do estrago quando for tarde demais. É necessário pensar no seu futuro e na sua velhice. Só assim vai conseguir montar o patrimônio que almeja e realizar todos seus sonhos. Se não, fica só pelo status…

Gasta tudo que tem?
Já contamos a história de uma leitora, que na metade do mês, tudo que tinha era R$ 20. Se você tem uma história semelhante, ligue seu radar. Falaremos mais uma vez: pense no seu futuro! Para facilitar as coisas, imagine em como quer chegar na velhice. Depois trace uma estrategia para ter conforto nesta idade e comece a segui-la. É simples!

Tem dívidas?
Tanto faz se deve no cartão de crédito, no cheque especial ou para uma credora… Você precisa saber qual é o tamanho dessa dívida! O importante é que você saiba quanto deve e para quem deve! A partir daí não tem segredo. Você precisa tentar renegociar as dívidas e pagar uma por uma! O ideal é que você vá pagando aos poucos, mas se for impossível, sem problemas! Faça um novo empréstimo para pagar a sua dívida existente, só que com taxas mais baratas do que os juros que paga na sua dívida atual, para evitar que ela cresça rápido demais.

Faz algum investimento?
Deixar o dinheiro parado não trará nenhum benefício. Leia e estude sobre investimentos para movimentar seu dinheiro. E nem sempre as aplicações seguras e conservadoras serão o melhor negócio. Pior ainda é deixar o seu dinheiro parado! Pense numa forma de fazer o seu dinheiro render e escolha o investimento certo para você. Antes faça o teste e entenda qual é o seu perfil de investimento. Depois é entender e fechar negócio!

Como está sua carreira?
Se você já trabalhou fora ou cuida dos afazeres domésticos, como está sua habilidade nisso? Procure algum curso profissional que dê uma injeção de ânimo e te possibilite abrir novas portas no trabalho. Faça uma reciclagem profissional e conquiste uma posição melhor.

Está mais segura agora para recomeçar?

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

o-que-o-emocional-tem-a-ver-com-as-suas-dividas

18 de setembro de 2019

Um dia ruim no trabalho ou alguma situação que te deixou triste pode ser o impulso para a famosa “terapia de compras” e também, o rombo na sua conta. Diversas pesquisas já comprovaram que pessoas com o emocional abalado têm mais problemas com dívidas no cartão de crédito, empréstimos, controle das finanças, entre outros. Quando […]

voce-passou-do-limite-de-gastos

13 de setembro de 2019

Nada de pânico! Saiba quais são os 7 passos para conseguir voltar a normalidade financeira e se equilibrar.

endividada-nunca-mais-saiba-como-ficar-com-a-conta-sempre-no-azul

4 de setembro de 2019

Sair das dívidas é difícil e exige organização, disciplina e alguns sacrifícios para ficar com a conta no azul. Se você finalmente conseguiu pagar suas dívidas, precisa tomar alguns cuidados para nunca mais ficar endividada. Afinal, não tem coisa mais triste do que quitar todas as pendências, gastar mais do que pode e entrar no […]

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas