Fique íntima da tributação nos investimentos

16 de julho de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

O desejo de investir está com tudo dentro de você? Ótimo! Para conseguir uma boa rentabilidade, você deve ter na ponta da língua qual é o risco da aplicação e por quanto tempo vai deixar seu dinheiro ali. Só não pode esquecer dos impostos que são cobrados nos investimentos.

Para dar o start e sair da inércia, faça o teste que identifica o seu perfil de investidora. Finalizado isso, busque mais informações sobre investimentos para entender a diferença entre eles.

Nesse meio tempo procure entender quais são as taxas impostas pelo governo brasileiro. Listamos algumas para lhe ajudar, conheça quais são:

IOF: É o Imposto sobre Operações Financeiras em geral. É um valor cobrado sobre operações na Bolsa, de crédito, de câmbio, seguro e relativas a títulos e valores mobiliários. O governo usa o IOF como uma forma de estimular ou desestimular a compra de um tipo de título, através da diminuição ou aumento da alíquota do IOF.

Imposto de Renda: É uma taxa cobrada das pessoas e empresas sobre a renda obtida com suas atividades profissionais e comerciais, ou ainda sobre os rendimentos resultantes de aplicações financeiras. Para investimentos têm diferentes alíquotas dependendo do seu perfil e do prazo.

É muito importante analisar o Imposto de Renda cobrado em cada investimento financeiro, porque isso pode proporcionar grande diferença no resultado final. O único investimento que está livre da cobrança do IR é a poupança.

Come-cotas: Além do IR cobrado sobre os ganhos de capital de uma aplicação, alguns fundos também cobram o famoso come-cotas. Nada mais é do que uma cobrança semestral de Imposto de Renda em fundos de investimento que ocorre em maio e novembro e incide sobre o rendimento semestral do fundo. A cobrança provoca a diminuição do número de cotas de cada investidor, daí o nome.

Qual é o investimento que escolheu? Já sabe quais serão os impostos?

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

15 de julho de 2019

Poupar para o futuro pode ser desafiador. Esta regra pode ajudá-la a saber se está no caminho certo ao planejar a aposentadoria.

11 de julho de 2019

Você decidiu fazer um investimento em renda fixa, mas está confusa com a sopa de letrinhas de CDB, LCI e LCA? Calma! Não fique apavorada, porque é muito fácil e vamos te ensinar tudo que você precisa saber para investir. A renda fixa é uma aplicação segura e o primeiro passo para quem deseja embarcar […]

8 de julho de 2019

Você quer começar a investir seu dinheiro, mas não sabe como começar? A primeira coisa que você deve fazer é montar a sua carteira. Aprenda aqui como!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas