Ibovespa começa a semana em alta com ações de bancos e otimismo na Europa

25 de maio de 2020 - Por

Ibovespa começa a semana em alta com ações de bancos e otimismo na Europa

quem ama, compartilha!

Este texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: +4,25% (85.663)

Dólar: -2,08% (R$ 5,45)

Casos de coronavírus: 370.060 confirmados e 23.102 óbitos*

Resumo:

  • Bolsa fecha em alta e dólar cai com otimismo europeu e possibilidade de privatização do Banco do Brasil;
  • Brasil segue como o segundo país com mais casos de coronavírus no mundo;
  • economistas preveem queda de 5,89% no PIB em 2020;
  • Auxílio Emergencial: veja quem são os 7,8 milhões de trabalhadores que recebem recursos nesta segunda;
  • 1 em cada 3 perdeu ao menos metade da renda, diz estudo.

Todos os temores da Bolsa na última sexta-feira (22) inverteram nesta segunda-feira (25). O vídeo da reunião ministerial de Jair Bolsonaro, que antes provocara medo e incerteza no mercado financeiro, teve trechos que animaram os investidores. Foi o caso da afirmação contundente de Paulo Guedes, ministro da Economia, endossando a possibilidade de o Banco do Brasil ser privatizado. A informação elevou as ações do BB e de outros bancos que, juntos, puxaram o Ibovespa nesta tarde.

Além disso, diversos agentes do mercado acreditam que o vídeo não apresenta uma prova irrefutável das acusações de Sergio Moro, ex-ministro da Justiça, resultando em um cenário político relativamente menos conturbado no Brasil.

O Ibovespa também teve ajuda do otimismo crescente na Europa. Por lá, os países estudam a reabertura após meses de sofrimento com o coronavírus, o que impulsionou as bolsas locais. O índice europeu Stoxx 600, por exemplo, subiu 1,38%.

O mesmo cenário de reabertura não se repete no Brasil, que se tornou o segundo país no mundo com o maior número de casos confirmados de coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos. Dados compilados pelo G1 apontam que, das 20 cidades com maior mortalidade, 15 estão no Norte e cinco no Nordeste.

Economistas preveem queda de 5,89% no PIB em 2020, mostra Boletim Focus

Pela 15ª semana consecutiva, os economistas entrevistados para o Boletim Focus estimaram queda no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro – desta vez, o percentual seria de -5,89% para 2020. Na semana passada, previa-se um tombo de 5,12%. A explicação para o fenômeno está no reflexo da pandemia do coronavírus na economia.

Ibovespa começa a semana em alta com ações de bancos e otimismo na Europa

O relatório é divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central (BC) e tem como base as expectativas de economistas de diversos setores do mercado financeiro para os principais índices econômicos do Brasil.

Os agentes do mercado seguem projetando que, ao final de 2020, a taxa Selic será de 2,25% – a mesma aposta da semana passada.

Já para a inflação, medida pelo indicador do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), a expectativa caiu de 1,59% para 1,57% neste ano. O percentual está abaixo da meta de inflação perseguida pelo BC, que é de 4%e m 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% para 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Auxílio Emergencial: veja quem são os 7,8 milhões de trabalhadores que recebem recursos nesta segunda

Nesta segunda, a Caixa Econômica Federal depositou novo lote do Auxílio Emergencial de 7,8 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

De acordo com o calendário, estes são os trabalhadores que estão recebendo o valor hoje:

Primeira parcela do Auxílio Emergencial:

  • 700 mil trabalhadores nascidos em agosto que fazem parte do novo lote de aprovados para receber o Auxílio Emergencial.

Segunda parcela do Auxílio Emergencial:

  • 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 6
  • 5,2 milhões trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram por meio do aplicativo ou site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em setembro e outubro.

Para facilitar a distribuição dos recursos, a Caixa anunciou que pretende lançar uma solução junto às empresas de “maquininha” de cartão Cielo, Rede e Getnet, apurou reportagem do Valor Econômico. As empresas pertencem, respectivamente, ao Banco do Brasil e Bradesco, Itaú e Getnet.

1 em cada 3 brasileiros perdeu ao menos metade da renda, diz estudo

Mais um levantamento mostra como a pandemia do coronavírus está afetando a renda do brasileiro. Este, feito pela ESPM, mostra que 52% dos entrevistados tiveram redução de renda. Para 31% delas, esta diminuição foi de 50% ou mais.

“A gente sabe que fazendo pesquisa on-line pega um público que puxa um pouco mais para cima. Se você imagina que nesse grupo tem esse impacto, imagina o resto”, diz Karine Karam, pesquisadora do cRio ESPM, para o Valor Econômico.

Foram 1.200 entrevistados em 12 unidades da federação (incluindo as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Goiânia, Manaus, Fortaleza, São Luís, Salvador, Rio Branco e Belém).

*Até o fechamento do texto. Fonte: G1, via levantamento feito junto às secretarias estaduais de saúde

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter e produtora, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) [email protected]

Leia em seguida

Em dia morno, Bolsa fecha estável de olho em índices positivos e coronavírus

3 de julho de 2020

Alguns índices na zona do euro e China foram melhores do que o esperado, mas mercado financeiro ainda teme coronavírus. Entenda como isso afetou a Bolsa.

Bolsa fecha no zero a zero com novo recorde de coronavírus nos EUA

2 de julho de 2020

EUA criaram 4,8 milhões de empregos em maio, o que animou o mercado financeiro. Mas logo veio o novo recorde de coronavírus no país. Veja tudo que aconteceu hoje!

Bolsa fecha em alta focada em nova vacina contra COVID-19 e dados positivos

1 de julho de 2020

Nova vacina contra coronavírus aumentou apetite a risco do mercado financeiro, mas dados de perda de renda no Brasil preocupam. Entenda.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas