Ibovespa fecha em queda depois de 7 altas seguidas

9 de junho de 2020 - Por

Bolsa fecha em queda e dólar em alta por cautela de investidores

quem ama, compartilha!

Este texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: -0,92% (96.746 pontos)

Dólar: +0,69% (R$ 4,88)

Casos de coronavírus: 719.449 confirmados e 37.840 óbitos*

Resumo:

  • Cautela dos investidores e realização de lucros desaceleram o Ibovespa nesta terça-feira (9);
  • Bank of America revisou sua estimativa para o Ibovespa em 2020 de 76 mil para 100 mil pontos;
  • pedidos de seguro-desemprego quebram recorde de quase 1 milhão em maio
  • Guedes confirma prorrogação do Auxílio Emergencial por dois meses
  • Correios fazem pedido de Auxílio Emergencial para trabalhadores sem internet
  • Corpus Christi: bancos ficarão fechados em todo o país, diz Febraban

Todos os olhos do mercado estão no banco central dos Estados Unidos nesta terça-feira (9). O Federal Reserve (Fed) entrou hoje na reunião de dois dias que decide o rumo dos juros – o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) –, provocando certa cautela entre os investidores.

Aconteça o que acontecer, o Ibovespa acompanhou o movimento das bolsas internacionais e, depois de uma alta acumulada de 11,72% nos 9 dias de junho, está passando por uma realização de lucros. Isso significa que os investidores estão aproveitando a alta para vender seus papéis e embolsarem o dinheiro antes que haja nova queda.

Este movimento acabou desacelerando o principal índice brasileiro, da mesma forma que levou as bolsas da Europa a fecharem no vermelho pelo segundo dia consecutivo e as de Nova York a devolverem parte dos ganhos da segunda-feira (8).

Apesar das projeções de queda no PIB brasileiro – conforme comentamos no fechamento de ontem –, o Bank of America (BofA) revisou sua estimativa para o Ibovespa em 2020, que foi de 76 mil para 100 mil pontos. O motivo: os investidores estão mais propensos a riscos e dispostos a focar nas estimativas para 2021.

Pedidos de seguro-desemprego quebram recorde de quase 1 milhão em maio

Em maio, o Brasil somou 960.258 mil pedidos de seguro-desemprego em maio – número recorde da série, iniciada em 200. Este dado representa uma alta de 53% ante ao mesmo período do ano passado. Já em comparação a abril, houve alta de 28,3%, segundo o Ministério da Economia.

Pedidos de seguro-desemprego quebram recorde de quase 1 milhão em maio

No período, os estados campeões em pedidos foram São Paulo (281.360), Minas Gerais (103.329) e Rio de Janeiro (82.584).

O acumulado do ano apresenta a soma de 3,297 milhões de pedidos – 12,4% mais pedidos do que o acumulado do mesmo período do ano passado, quando registrou-se 2,933 milhões de requisições.

Guedes confirma prorrogação do Auxílio Emergencial por dois meses

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta terça-feira que o governo prorrogará o pagamento do auxílio emergencial por dois meses. No entanto, ainda não ficou claro se haverá uma redução do valor ou ele será mantido.

“O presidente já lançou e comunicou isso: que, por dois meses, nós vamos estender o auxílio emergencial”, afirmou. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro já havia citado a conversa com Guedes a respeito da prorrogação da renda básica emergencial.

Apesar de a questão do valor ainda não ter ficado clara, na última sexta-feira (5), o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, afirmou que o governo pretende pagar duas parcelas extras de R$ 300 cada.

Correios fazem pedido de Auxílio Emergencial para trabalhadores sem internet

Trabalhadores informais sem acesso a internet agora podem solicitar o Auxílio Emergencial em mais de 6.000 agências dos Correios a partir desta semana.

Os interessados que cumprirem com os requisitos para solicitar a renda básica emergencial deverão comparecer a uma agência dos Correios credenciada com os seguintes documentos:

  • Identificação oficial com foto, em que conste também o nome da mãe do beneficiário
  • CPF do usuário e dos membros da família que dependem da renda do titular
  • Dados bancários ou documento de identificação (RG, CNH, passaporte, CTPS, RNE ou CIE) para solicitar abertura de conta social digital, em nome do titular do benefício.

O pagamento não será realizado pelos Correios mas, sim, pela Caixa Econômica Federal, conforme já vinha acontecendo.

Para evitar aglomerações, o ministério da Cidadania estabeleceu um calendário de acordo com a data de nascimento do interessado:

  • Segunda-feira: nascidos em janeiro e fevereiro
  • Terça-feira: nascidos em março e abril
  • Quarta-feira: nascidos em maio e junho
  • Quinta-feira: nascidos em julho, agosto e setembro
  • Sexta-feira: nascidos em outubro, novembro e dezembro

Corpus Christi: bancos ficarão fechados em todo o país, diz Febraban

O feriado de Corpus Christi será celebrado nesta quinta-feira (11) – e o setor bancário também fará uma pausa, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) nesta terça-feira.

As agências bancárias de todo o País ficarão fechadas mesmo nas cidades que anteciparam o feriado, caso de São Paulo, que antecipou o feriado para 20 de maio. Na data, as agências bancárias seguiram funcionando para realizar os pagamentos do Auxílio Emergencial, mesmo que em horário reduzido.

Por isso, programe-se: com as agências fechadas, o pagamento contas e boletos com vencimento em 11 de junho será prorrogado até o dia útil seguinte.

A B3 também informou que, devido ao feriado, o mercado nacional ficará fechado na quinta-feira. Os negócios serão retomados no dia seguinte, sexta-feira (12).

*Até o fechamento do texto. Fonte: levantamento feito por jornalistas de G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter e produtora, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) [email protected]

Leia em seguida

Em dia morno, Bolsa fecha estável de olho em índices positivos e coronavírus

3 de julho de 2020

Alguns índices na zona do euro e China foram melhores do que o esperado, mas mercado financeiro ainda teme coronavírus. Entenda como isso afetou a Bolsa.

Bolsa fecha no zero a zero com novo recorde de coronavírus nos EUA

2 de julho de 2020

EUA criaram 4,8 milhões de empregos em maio, o que animou o mercado financeiro. Mas logo veio o novo recorde de coronavírus no país. Veja tudo que aconteceu hoje!

Bolsa fecha em alta focada em nova vacina contra COVID-19 e dados positivos

1 de julho de 2020

Nova vacina contra coronavírus aumentou apetite a risco do mercado financeiro, mas dados de perda de renda no Brasil preocupam. Entenda.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas