IPCA fica em 0,32% em fevereiro: alimentos estão mais baratos

IPCA fica em 0,32% em fevereiro: alimentos estão mais baratos

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do País, variou 0,32% em fevereiro – 0,03 ponto percentual (p.p.) a mais do que o resultado de janeiro – informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira. Isso significa que a inflação acelerou, porém, este foi o resultado mais baixo para os meses de fevereiro desde o ano 2000.

O acumulado de janeiro e fevereiro desde ano está em 0,61%, que é o menor resultado para o período desde 1994, quando foi implantado o Plano Real. Já o acumulado dos últimos doze meses ficou em 2,84%, e foi o menor para o mês de fevereiro desde 1999.

O que ficou mais caro e mais barato

O grupo culpado pela aceleração é o da Educação, que teve alta de 3,89% e responsável por 59% do IPCA do mês. Isso foi um reflexo dos reajustes que, geralmente, são praticados no início do ano letivo, como aumento nas mensalidades de cursos regulares – os valores subiram 5,23%, o maior impacto individual sobre o índice do mês.

ipca-inflacao-fevereiro-2018-02

Depois, vale ressaltar o grupo dos Transportes, com variação de 0,74%. Destaque para ônibus urbano (1,90%), gasolina (0,85%) e táxi, com variação de 1,73%, reflexo do reajuste de 7,39% no Rio de Janeiro.

Por outro lado, as consumidoras podem comemorar uma queda de 0,33% no grupo Alimentação e Bebidas – resultado que contribuiu para conter a taxa do IPCA de janeiro para fevereiro. O impacto dessa deflação pode ser bem sentido no bolso, pois muitos dos itens que estão mais barato são recorrentes na mesa dos brasileiros:

ipca-inflacao-fevereiro-2018-03

Fonte: IBGE

A seguir, confira a tabela de resultados dos grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE:

ipca-inflacao-fevereiro-2018-04

Fonte: IBGE

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

close