Mercado de trabalho: 5 dicas para definir suas metas para carreira no próximo ano

17 de dezembro de 2018 - Por

mercado-de-trabalho(1)

quem ama, compartilha!

O final do ano é um ótimo período para colocar os planos no papel, definir quais serão as próximas metas para a carreira e encarar o mercado de trabalho preparada para crescer cada vez mais. Entretanto, é importante saber por onde começar a se planejar e colocar a mão na massa.

“Crescer profissionalmente sempre vai requerer muita dedicação. Continue com persistência, determinação, disciplina, paciência e foco. Não deixe nada atrapalhar o alcance de seus objetivos e estabeleça medições periódicas para saber se está no caminho certo e ajustar os rumos, se necessário”, aconselha Dilza Taranto, consultora de RH e Coach de carreira.

1 – Pense no que você já conquistou até agora

Utilize essa reta final de 2018 para fazer uma retrospectiva da sua carreira até aqui. Isso funcionará como uma espécie de avaliação de performance e você poderá enxergar se chegou onde queria ou o que te atrapalhou a conquistar os seus objetivos. Coloque em uma lista suas habilidades e conhecimentos adquiridos, as responsabilidades novas que assumiu e os relacionamentos que conquistou.

Assim, você terá mais embasamento para planejar os próximos passos. “Ao fazer esse processo autoinvestigativo, terá mais clareza do que te traz felicidade, equilíbrio e bem-estar. A partir deste olhar, defina seus objetivos maiores: propósito, visão de futuro, legado”, comenta Adriana Schneider, especialista em Desenvolvimento Humano.

2 – Saiba utilizar as emoções a seu favor

De acordo com Schneider, crescer profissionalmente está atrelado a inúmeros fatores pessoais, como inteligência profissional, habilidades de comunicação e métodos ágeis. “O mercado de trabalho requer, cada vez mais, um alto grau de flexibilidade, adaptabilidade, protagonismo e comprometimento. Por isso, as habilidades socioemocionais são cada vez mais valorizadas.”

3 – Tenha o pé no chão

Você é do tipo de pessoa que, ao chegar no final do ano, coloca vários objetivos a serem conquistados ao longo dos próximos meses? Saiba que fazer mil planos e não ter comprometimento com eles não mudará nada em sua vida.

“A dica principal é não planejar muitas metas, porque não realizá-las apenas te trará frustração. O ideal é ter de 3 a 5 objetivos, colocando-os em ordem de prioridade, e se comprometer com os passos necessários para realizá-los. Foco não é pensar o tempo todo no que se deseja, e sim saber com clareza qual é o passo a passo para cumprir cada etapa”, pontua a especialista em RH Sonia Garcia.

mercado-de-trabalho(2)

4 – Busque sempre por conhecimento

Outro ponto de extrema importância é a busca constante por conhecimento – pense nisso como um investimento em você mesma. Procure as instituições reconhecidas na área de conhecimento de interesse e cursos que estejam alinhados aos seus objetivos. Lembre-se: por mais que a sua situação financeira não esteja favorável, é possível consumir bons materiais que estão disponíveis na internet de forma gratuita, como você pode conferir aqui.

5 – Procure por novas oportunidades no mercado de trabalho

Muita gente sonha em mudar de carreira e fazer o que realmente gosta. Se este é o seu caso, chegou a hora de colocar os planos em prática. Por mais desafiador que possa parecer, o primeiro passo é pesquisar tudo sobre o que a nova carreira pode te proporcionar. Depois, estabeleça um plano de desenvolvimento, com metas profissionais intermediárias para, assim, atingir objetivos maiores. Aqui, é importante ter paciência, foco, disciplina e determinação.

Para a mudança ser mais fluida, pontue aquilo que você tem mais habilidade, o que ama fazer e de que forma essa escolha impactaria a sociedade. Além disso, estabeleça o plano A (cenário otimista, em que você alcança a posição desejada no mercado de trabalho), o plano B (um cenário mais conservador, com outras opções de emprego) e o plano C (cenário mais pessimista, onde você deve reconsiderar as suas escolhas neste momento).

“Os preparativos para a mudança podem ser construídos depois dessa análise e definição de rumos. A partir daqui, é preciso ter planejamento e comprometimento com a execução. Ajuste sua vida financeira para sustentar o período de transição, busque novos contatos profissionais”, conclui Schneider.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Gabriella Bertoni
Gabriella Bertoni
Repórter, produz matérias para o Finanças Femininas. Apaixonada por livros e por contar histórias, é recém-chegada em São Paulo e ainda está completamente perdida, mas adorando a cidade.
Fale comigo! :) gabriella@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

conselhos-profissoes-carreira-masculina-machismo

2 de julho de 2019

Para lidar com o machismo em carreiras “masculinas”, uma das dicas é reprogramar o cérebro. Veja esse e mais conselhos baseados em pesquisas.

como-aliviar-estresse-exercicios 01

17 de junho de 2019

Você não precisa de grandes gesto para relaxar no trabalho. Esses exercícios ajudam a aliviar o estresse e podem ser feitos sem atrapalhar sua rotina. Aprenda!

profissionais-liberais

27 de maio de 2019

Se você é profissional liberal ou autônoma, precisa ter um bom planejamento financeiro, capital de giro e uma reserva para o futuro. Veja como.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas