#MeuExAbusivo: relatos mostram urgência de conversar sobre relacionamento abusivo

31 de julho de 2019 - Por

MeuExAbusivo-relatos-mostram-urgência-de-conversar-sobre-relacionamento-abusivo

quem ama, compartilha!

Possivelmente você já vivenciou ou conhece alguma mulher que já passou por algum relacionamento abusivo. Na maioria das vezes é difícil identificar o abuso e muitas pessoas só percebem após o rompimento, já que é comum pensar apenas em agressão física, quando se fala em relação abusiva. Neste caso, a violência psicológica é o principal componente e se manifesta de forma sutil, por meio do ciúme excessivo, controle das suas escolhas, chantagem emocional e inferiorização, deixando a mulher fragilizada e sem conseguir entender o que está acontecendo.

A dificuldade de perceber e dialogar sobre o relacionamento abusivo motivou a youtuber Dora Figueiredo a lançar a #MeuExAbusivo no Twitter e inspirou milhares de mulheres a compartilhar suas histórias. O assunto chegou ao topo do trending topics Brasil na última terça (30). A campanha surgiu após Figueiredo publicar um vídeo em seu canal no Youtube contando suas experiências e como está se recuperando.

Os relatos compartilhados trazem situações de machismo, humilhação, controle e culpabilização, demonstrando a urgência de debater o relacionamento abusivo. A violência psicológica pode ser o caminho para a violência física e o feminicídio, por isso reunimos alguns tweets para te ajudar a entender os sinais, procurar ajuda e sair do relacionamento abusivo.

Alerta gatilho emocional: alguns depoimentos podem ser perturbadores.

1. Ele fala que você não é boa o suficiente

 

2. Humilhação constante

3. Quer controlar suas roupas e amizades

4. Ele faz você sentir culpa

5. E pedir desculpa

6. A chantagem é o principal instrumento dele para te convencer de algo

7. Feministas também podem viver uma relação abusiva sem perceber

8. Mas quando você se liberta, aprende que não pode aceitar esses abusos

Vale lembrar que a Lei Maria da Penha considera a violência psicológica “qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da autoestima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações”. Se você precisa de ajuda ou conhece alguma mulher que precisa de auxílio ligue para a Central de Atendimento à Mulher no número 180, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana ou procure uma Delegacia da Mulher.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Avatar
Carol Nogueira

Leia em seguida

mulheres-historia-brasil-as-mina-na-historia

19 de janeiro de 2019

Você sabe quem foi a primeira prefeita da história do Brasil? E a primeira mulher a votar no Brasil? Conheça essas e outras mulheres que ninguém fala aqui!

fantasia-carnaval

9 de fevereiro de 2018

É possível pular Carnaval com fantasias criativas e que mude sua visão do próprio corpo, mas que não objetificam mulheres durante a folia. Para isso, trouxemos ideias fáceis de fazer. Confira!

grid-girls

8 de fevereiro de 2018

Decisão gerou polêmica no mundo das corridas de Fórmula 1. Mudanças entram em vigor em março e crianças devem substituir modelos minutos antes das largadas. Confira!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas