Mulher Maravilha

13 de outubro de 2014 - Por

quem ama, compartilha!

Oi meninas, tudo bem?

Hoje temos uma novidade bacana para vocês: a partir desta semana, a Carolina Sandler, fundadora do Finanças Femininas, passa a assinar uma série de relatórios e newsletters para a Empiricus Research, empresa de consultoria de investimentos. Para você que gosta dos assuntos que tratamos aqui no site, vai ser um prato cheio.

Mulher Maravilha

Nos relatórios, vocês vão conferir todos os assuntos relacionados ao universo de Finanças Femininas com profundidade e análise. Vai ser uma boa fonte de informações para a mulher que é uma heroínas em conciliar tarefas da família com o trabalho, mas que sente falta de mais informações quando o assunto é dinheiro.

Gostaram? Nas newsletters vocês vão poder conferir assuntos como o equilíbrio entre carreira e família, os melhores investimentos, como sair do vermelho e montar o negócio próprio, entre muitos outros. Ou seja: é tudo o que gostamos de falar aqui, em outro formato e com mais profundidade ainda.

Serão newsletters semanais e um relatório mensal. Para quem se interessou, pode acessar a primeira newsletter e aproveitar para se cadastrar para as próximas!

Um abraço,

Equipe do Finanças Femininas

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas