O que o TikTok tem a ver com a queda na Bolsa desta sexta-feira (7)?

7 de agosto de 2020 - Por

O que o TikTok tem a ver com a queda na Bolsa desta sexta-feira (7)?

quem ama, compartilha!

Este texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: -1,3% (102.775 pontos)

Dólar: +1,31% (R$ 5,41)

Casos de coronavírus: 2.927.807 confirmados e 98.844 mortes*

Resumo:

  • Em novo episódio de guerra fria entre China e EUA, Trump determina venda de TikTok e WeChat a empresas americanas ou banimento;
  • tensão entre países mexe com o mercado financeiro do mundo inteiro e até Petrobras sente;
  • novo capítulo de guerra fria e questões internas pressionam dólar para alta;
  • Brasil chega perto de 100 mil mortes por coronavírus;
  • inflação avança 0,36% em julho, puxada por gasolina e energia elétrica;
  • Senado aprova projeto que limita juros do cartão de crédito a 30% ao ano durante pandemia.

Você piscou e, mais uma vez, a guerra fria entre Estados Unidos e China ganhou um novo capítulo, causando um rebuliço nos rumos da Bolsa e do dólar nesta sexta-feira (7). Dessa vez, sobrou até o aplicativo TikTok, sucesso entre os jovens (e não tão jovens assim), criando um efeito dominó em bolsas do mundo inteiro, inclusive no Brasil.

Donald Trump, presidente dos EUA, assinou uma ordem que determina que o TikTok e o WeChat (equivalente ao WhatsApp no país asiático) devem ser vendidos a empresas americanas em até 45 dias – do contrário, ambos deverão ser retirados das lojas de aplicativos da Apple e Google.

Além da determinação, os EUA anunciaram outras sanções contra autoridades da China e Hong Kong, incluindo a chefe de governo de Hong Kong, Carrie Lam. As retaliações ainda são resposta à decisão do governo chinês de aprovar uma nova lei de segurança de Hong Kong – uma ex-colônia britânica – que diminuiria sua autonomia.

A tensão crescente afetou o preço do petróleo, empurrando as ações da Petrobras para baixo. Ela também se juntou a outros fatores internos para pressionar o dólar para cima, como a preocupação com o teto de gastos.

Além disso, o que seria uma boa notícia para os consumidores acabou caindo mal na Bolsa. Como você verá a seguir, o Senado aprovou nesta quinta-feira (7) o texto-base de um projeto de lei que pretende limitar os juros do cartão de crédito e cheque especial em até 30% durante a crise. Má notícia para os bancões, que enfrentaram queda nas ações no pregão de hoje.

O que o TikTok tem a ver com a queda na Bolsa desta sexta-feira (7)?

Na semana, o Ibovespa – principal índice de ações da Bolsa – ficou praticamente estável, com perda acumulada de 0,05%. Já o dólar fechou a semana com alta acumulada de 3,72% por aqui.

Enquanto se discute sobre ações, bancos e guerra fria em pleno século 21, vale não tirarmos os olhos de outra batalha que acontece debaixo de nossos olhos. O Brasil está muito perto de cruzar a linha dos 100 mil mortos por coronavírus. Ao comentar a situação, o presidente Jair Bolsonaro disse em live que é preciso “tocar a vida”.

Inflação avança 0,36% em julho, puxada por gasolina e energia elétrica

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do País, teve alta de 0,36% em julho, divulgou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com os dados, o índice foi puxado, principalmente, pela alta da gasolina e da energia elétrica.

O resultado representa uma aceleração ante a junho, quando o IPCA foi de 0,26%. Ou seja, os preços aumentaram com mais força do que no mês passado. A taxa de julho é a maior do ano e a mais alta para um mês de julho desde 2016, quando ficou em 0,52%.

Apesar disso, no acumulado de 2020, a inflação oficial registra alta de 0,46% e, em 12 meses, de 2,31%. Ambos os números estão abaixo do piso da meta do governo para o ano, que é de 2,5%. Para que se tenha ideia, em 2019, o IPCA ficou em 4,31%.

Veja quais grupos subiram e quais tiveram queda:

  • Alimentação e Bebidas: 0,01%
  • Habitação: 0,80%
  • Artigos de Residência: 0,90%
  • Vestuário: -0,52%
  • Transportes: 0,78%
  • Saúde e Cuidados Pessoais: 0,44%
  • Despesas Pessoais: -0,11%
  • Educação: -0,12%
  • Comunicação: 0,51%

Senado aprova projeto que limita juros do cartão de crédito a 30% ao ano durante pandemia

Nesta quinta-feira (6), o plenário do Senado aprovou um projeto de lei que limita juros de até 30% ao ano para todas as operações de cartão de crédito até o final do estado de calamidade, previsto para terminar em 31 de dezembro, devido à pandemia do novo coronavírus.

A proposta, aprovada por 56 votos a 14, com uma abstenção, também prevê o mesmo limite para os juros de cheque especial. Agora, ela segue para a Câmara dos Deputados.

*Até o fechamento do texto. Fonte: levantamento feito por jornalistas de G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter e produtora, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) [email protected]

Leia em seguida

Nova onda de COVID-19 e escândalo de bancos derrubam Bolsa nesta segunda (21)

21 de setembro de 2020

A nova onda de coronavírus nos EUA e Europa e suspeita de lavagem de dinheiro em bancos globais fizeram um grande estrago na Bolsa. Entenda.

Bolsa cai aos 98 mil pontos, mas semana fecha perto do zero a zero

18 de setembro de 2020

A Bolsa foi arrastada pela onda negativa dos índices globais, mas conseguiu fechar a semana empatada. O que houve? Saiba tudo que rolou nesta sexta-feira (18)!

Bolsa se descola de perdas internacionais e fecha em leve alta

17 de setembro de 2020

De ressaca da decisão do banco central dos EUA, bolsas do mundo inteiro caíram, menos do Brasil. Descubra quais ações salvaram a pátria!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas