O seguro contra dívidas não pagas

27 de junho de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Na hora de fazer algum tipo de seguro, percebemos a variedade deles e acabamos ficando na dúvida. Tem seguro pra quase tudo – pra bolsa roubada, cartão de crédito, carro, casa… É uma infinidade de temas e assuntos para você escolher.

Chega a dar um nó na nossa cabeça e ficamos frustadas por não saber qual o certo para a gente. O mais importante nessa hora é ler o contrato antes de assinar. Por mais opções que você tenha, não precisa sair por aí fechando todos só porque acha bom. 

Cuidado! É possível que você caia numa furada e nem consiga resgatar seu benefício no futuro. Para fazer a escolha certa precisa conhecer direito o seguro que vai contratar. Assim, quando precisar, vai conseguir resgatar seu benefício e ter um prejuízo menor.

Um bom exemplo é o seguro prestamista, aquele que garante que a cliente tenha uma dívida quitada caso fique desempregada, morra ou fique inválida. Então, se você é daquelas que morre de medo de ter nome sujo por falta de pagamento e está com muitas dívidas – seja por um financiamento de um imóvel, por exemplo, ou descontrole no cartão de crédito, pode ter achado a solução para a sua tranquilidade de boa compradora.

Só que o seguro só pode ser feito na hora que for fechar a compra, serve para algumas modalidades, como empréstimos junto a financeiras e bancos, cheque especial, cartão de crédito, consórcios, financiamentos de bens e empréstimos com pagamento consignado. Mesmo assim já dá uma bela ajuda e a deixa segura em situações inesperadas e emergenciais.

O valor para contratar este benefício vai depender do risco, do produto e do perfil do cliente. Para fechar é fácil. Pergunte para o seu gerente de banco, corretor de seguros da sua confiança sobre o benefício ou com o vendedor da seguradora onde vai adquirir o produto. Fique atenta, porque não pode deixar de pagar uma mensalidade. Caso isso aconteça, você perde o benefício.

Vai adotar?

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

9 de julho de 2019

Você até promete que vai guardar dinheiro este mês, mas acaba gastando tudo? Segundo uma pesquisa, esse hábito pode ser o culpado. Descubra qual é.

desperdicio_casa

4 de julho de 2019

Pequenos hábitos de desperdício podem fazer uma grande diferença no orçamento doméstico. Confira se você gasta dinheiro em casa sem notar.

como-mudar-de-vida-juntar-dinheiro-50-reais

1 de julho de 2019

É possível mudar de vida DE VERDADE juntando apenas R$ 50 por mês se você investir corretamente. Carol Sandler mostra como é fácil, confira!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas