Os erros financeiros que você deveria parar de cometer

19 de setembro de 2018 - Por

erros-dinheiro 01

quem ama, compartilha!

Quando as contas na sua casa estão atrasadas, sua empresa não tem dado o resultado que você esperava ou mesmo seus investimentos estão um fiasco, é possível que você queira arranjar culpado para tudo: a economia em retração, o fornecedor que não obedece os prazos ou sua família que anda desperdiçando água e energia elétrica. Em situações assim, em meio a todos esses “culpados”, você em algum momento questiona-se?

A falta de sucesso em fazer seu dinheiro crescer é também responsabilidade sua. Já ouviu aquela frase que diz que nós somos o nosso pior inimigo? Pois é, faz todo o sentido! Listamos a seguir alguns erros frequentes que podem contribuir para provocar dificuldades no retorno financeiro.

1. Investimentos por medo ou impulso

Na hora de escolher como vai investir seu dinheiro, não adianta querer nortear-se pelo senso comum, pelos investimentos mais comentados ou simplesmente por “achar” que este ou aquele ativo é melhor. Investimento com bons retornos requer estudo e compatibilidade com o perfil da investidora. É preciso conhecer o terreno onde você está pisando.

Quer um exemplo muito comum? Muita gente compra ações na bolsa de valores no momento em que elas estão em alta – porque estão sendo mais comentadas ou estão com maior evidência nos noticiários econômicos – mas tem medo de comprar papeis que estão em baixa. Ou seja, a investidora paga caro por um ativo e corre maior risco dele perder valor diante do preço de compra. Por outro lado, por medo, não se dispõe a comprar o papel no momento de desvalorização e deixa de ganhar com a possibilidade de um bom desempenho daquele ativo dali em diante.

erros-dinheiro 02

É claro que outros fatores interferem para determinar o momento ideal de fazer um investimento, demos um exemplo de forma genérica para facilitar o entendimento. O importante é que você saiba que jamais deve escolher um investimento ou deixar de fazer uma aplicação por impulso ou medo.

2. Planejamento de vida

É bem provável que você esteja separando algum dinheiro para sua viagem de férias, que já tenha feito as contas para saber quando vai conseguir trocar de carro, mas e na sua aposentadoria? Você realmente planeja seus investimentos pensando também na sua velhice?

Na juventude esse erro é ainda mais comum. O excesso de otimismo e o imediatismo para aproveitar os recursos financeiros fazem com que muita gente deixe os planos para a terceira idade de lado. Contar apenas com a aposentadoria do INSS pode resultar em queda no padrão de vida, portanto, o ideal é pensar também em investir em uma aposentadoria privada ou em algum ativo de longo prazo que corresponda a uma aposentadoria.

3. Gastos acima do rendimento

O grande problema do apelo consumista direcionado às mulheres – até mesmo os produtos voltados “para mulheres” são mais caros – é justamente o equilíbrio com as contas ao fim do mês.

Enquanto o impulso for predominante na hora das compras, seja no supermercado ou no shopping, as dívidas no cartão de crédito e no cheque especial jamais vão diminuir. A tentação de poder parcelar as compras várias vezes leva ao consumo exagerado e, por consequência, descontrole no orçamento.

4. Mantendo o próprio negócio

Sua faculdade ou curso de especialização acabou, você quer ter sua renda sem depender de empregador e portanto resolve abrir o próprio negócio. Com a cabeça cheia de ideias e o domínio das técnicas da sua área, você decide abrir uma empresa e sonha em ficar rica fazendo o que gosta.

Pois saiba que seu sonho pode tornar-se um pesadelo se você não conseguir se enxergar como empresária. Ainda que você seja uma excelente advogada e queira montar seu escritório, ou mesmo que seja uma ótima dentista e esteja convencida de que quer montar um consultório, nada disso pode ir adiante se você não tiver habilidades como administradora.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

livros-educacao-financeira-investimentos 01

23 de abril de 2019

Além de gostosos de ler, esses livros de educação financeira e investimentos podem revolucionar o jeito que você cuida do seu dinheiro. Descubra quais são!

ficar-rica-habitos-que-deixam-pobre

11 de abril de 2019

O primeiro passo para enriquecer é não gastar tudo o que ganha. Carol Sandler conta quais são os outros hábitos que te deixam mais pobre!

controle-de-gastos-orcamento-salario-01

25 de março de 2019

Quer parar de gastar mais do que ganha? Comece com um bom controle de gastos e organização do orçamento. Aprenda como aqui!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas