X

Planejando comprar uma casa? Veja o que considerar antes de fechar negócio

Comprar uma casa é o sonho de muitas pessoas. No entanto, antes de tomar a decisão é necessário ter um bom planejamento e poupar dinheiro antes de embarcar em um financiamento longo.

Sair do aluguel e comprar um apartamento ou casa envolve grande esforço financeiro, mental e emocional. Além do dinheiro para aquisição do imóvel, existem as despesas com a documentação, escritura, taxas, contas de água, luz, IPTU, possíveis reformas, móveis, entre outros.

Se você está planejando comprar uma casa ou apartamento, trouxemos alguns pontos que você deve analisar antes de fechar negócio.

Comprar uma casa durante a crise é uma boa ideia?

A pandemia do novo coronavírus instaurou um período de incerteza no mundo. O desemprego sobe a cada mês, a projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) é pessimista e ninguém tem como prever a situação financeira daqui alguns meses.

Diante deste cenário catastrófico, a Carol Sandler fez um vídeo para te ajudar a refletir se é o momento de comprar uma casa. Assista a seguir:

Comprar uma casa: plano de ação

Caso você não tenha sido impactada pela crise financeira causada pelo novo coronavírus e gostaria de realizar o sonho da casa própria, faça um planejamento para comprar seu imóvel em um momento mais estável. Entrar em um financiamento longo agora pode ser uma tremenda enrascada, porque ninguém sabe o dia de amanhã.

No entanto, se você tiver condições, comece a juntar dinheiro para dar uma boa entrada no imóvel e financiar o restante do valor com mais segurança. A seguir, temos algumas dicas que podem te ajudar a montar o seu planejamento, afinal não é somente o valor da casa. Existem outros aspectos e gastos que você deve considerar e planejar muito bem para não se enrolar.

Comprar um apartamento ou casa?

Comprar um imóvel é um grande passo, por isso é importante avaliar e definir as características que você busca. Verifique o tamanho da casa ou apartamento, quantidade de cômodos, área externa, opções de lazer e afins. Priorize o que realmente importa para tomar uma decisão madura sobre o local onde quer morar.

Fique atenta ao valor do condomínio

Se está considerando comprar um apartamento, fique atenta aos atributos do condomínio. Atualmente, os prédios residenciais oferecem opções de lazer e academia que podem trazer mais conforto, mas que podem encarecer o valor do condomínio. O Índice de Custos Condominiais (Icon) na Região Metropolitana de São Paulo registrou aumento de 5,41% no acumulado de 12 meses, referente ao período de janeiro a dezembro de 2019, segundo o Sindicato da Habitação (Secovi-SP).

“Escolher um imóvel é uma das decisões mais difíceis, porque imóveis têm muitas variáveis e tudo vai impactar sua decisão. É um processo de escolha e renúncia”, diz Ricardo Paixão, vice-presidente da rede imobiliária Secovi.

Vale a pena comprar apartamento ou casa na planta?

Existem diversas vantagens e desvantagens de comprar imóveis na planta. Mas antes de fechar negócio, vale a pena assistir o vídeo que a Carol Sandler explica os aspectos que você precisa avaliar antes de financiar apartamento que ainda nem saiu do papel.

Avalie a localização do imóvel

É fundamental saber a localização do imóvel que você pretende comprar. Afinal, é dali que você vai sair todos os dias para ir ao trabalho e levar os filhos na escola. Bairros mais afastados da região central costumam ser mais baratos, mas o tempo de deslocamento é maior e às vezes as opções de transporte são limitadas. Avalie bem!

Outro ponto importante que deve ser considerado é a movimentação na região. Paixão recomenda visitar o bairro em diferentes horários para conhecer o fluxo de pessoas, carros e transporte público. “Há verdadeiras transformações do dia para a noite ou em dias específicos na semana. Alguns lugares são cheios durante o dia e vazios no período noturno”, destaca.

Comprar uma casa: considere o custo de vida no bairro

Além do preço do imóvel, a localização também impacta o seu orçamento mensal. Morar na periferia ou em regiões mais sofisticadas resultam em uma grande diferença no custo de vida. Antes de comprar uma casa, considere as despesas com supermercado, transporte, IPTU, escola, entre outros.

Juntar dinheiro para os gastos com documentação e escritura

Comprar uma casa exige planejamento financeiro para pagar as despesas com documentos e impostos referentes à aquisição. Entre os gastos estão o Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) – cobrado em casos de transferência de propriedades e com alíquotas diferentes em cada município – custos com cartório, escritura e banco.

Segundo Paixão, as despesas podem representar aproximadamente 4,5% do valor total do imóvel.“É importante ficar atenta com as certidões pessoais, certidões do imóvel e procurar a ajuda de um profissional. Se estiver com a imobiliária, eles podem te dar essa assessoria ou então você pode buscar um advogado para fazer esse serviço. A documentação não é algo trivial que se entende com a leitura de meia dúzia de artigos na internet”, afirma

Fotos: AdobeStock.

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Carol Nogueira: Repórter do Finanças Femininas, fã de David Bowie e John Coltrane. Passa o tempo livre pesquisando textos da Sylvia Plath e assistindo séries na Netflix. Fale comigo! :) <a href="mailto:carolnogueira@financasfemininas.com.br">carolnogueira@financasfemininas.com.br </a>
Veja também
Disqus Comments Loading...