Por que não vale a pena deixar o seu dinheiro na poupança?

25 de fevereiro de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Basta sobrar um dinheirinho no mês, vem a dúvida de onde colocar o dinheiro. O conselho mais ouvido nesta hora é: “Coloca na poupança”. Mas calma lá, você sabe se a poupança vale a pena? Rende o suficiente para te trazer algum lucro ao longo do tempo?

A poupança é uma conta na qual você deposita todo dinheiro que sobrou no mês, ele fica ali e rende um pouquinho todo mês. Um dos benefícios é que você não paga pela manutenção do dinheiro. Por exemplo, no Tesouro Direto é cobrada a taxa de administração. Já na poupança isso não existe.

Outros detalhes que levam muita gente a preferir a poupança é a segurança que o investimento oferece e o fato de não existir um valor mínimo para depositar. Esta é uma das poucas aplicações que o governo não cobra no Imposto de Renda. 

Para depósitos feitos a partir de maio de 2012, o valor ali colocado rende juros mensais de 70% da taxa Selic, que é a taxa básica de juros definida pelo Banco Central, mais a Taxa Referencial (mais conhecida como TR), se a Selic valer menos do que 8,5% – que é o nosso caso, já que a Selic está em 7,5% ao ano. Se a Selic subir acima de 8,5%, o cálculo muda para TR + 0,5%. Se você fez a sua poupança antes da mudança da regra, o modelo de remuneração é de TR + 0,5% ao mês.

Mas com tudo isso, por que então a poupança não é uma boa opção para o seu dinheiro? Para entender isso, você precisa olhar para a taxa de inflação no Brasil…

Em janeiro de 2013, a inflação medida pelo IPCA subiu 0,86% no mês, contra um rendimento atual da poupança de 0,41% nas regras novas e de 0,50% na poupança antiga. Com seu dinheiro nesta aplicação, o lucro da poupança não acompanha o avanço da inflação. Ou seja: no final do mês, você perde dinheiro!

O fato de cada vez mais gente continuar a aplicar na poupança não quer dizer que ela seja uma boa opção. Pelo contrário! Com a inflação elevada do jeito que está, aplicar na poupança é sinônimo de perda de poder de compra.

Antes de decidir investir o seu dinheiro, estude bem outras aplicações e veja se vale a pena no seu caso. Lembre-se que há uma infinidade de investimentos e você deve escolher o que for mais rentável para você, de acordo com o seu perfil!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

fundos-de-investimento-renda-fixa-ou-poupança

13 de fevereiro de 2019

Simulação da Anefac mostra que, com a Selic a 6,5% a.a., poupança bate fundos de renda fixa com taxa de administração alta. Descubra quais!

investimento-imobiliario-ganhar-dinheiro-aluguel-casa-01

12 de fevereiro de 2019

Quer ganhar dinheiro com investimento imobiliário? O primeiro passo é saber como aplicar o dinheiro que você ganha ao alugar casa ou apartamento. Saiba mais!

tudo-sobre-renda-fixa-tesouro-direto-cdb 01

24 de janeiro de 2019

Quer investir em renda fixa mas não sabe por onde começar? Conheça suas opções, entre Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs, RDBs e muito mais!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas