Poupança vale a pena em 3 casos, saiba quais

28 de agosto de 2018 - Por

poupanca-vale-a-pena

quem ama, compartilha!

Muitos economistas e educadores financeiros destratam a poupança, afirmando que qualquer investimento é melhor do que ela. Será mesmo? De acordo com Carol Sandler, fundadora do Finanças Femininas e coach financeira, existem três casos em que a poupança vale a pena, sim.

Lembrando que essas recomendações valem para o atual momento da economia, com a Selic a 6,5%. Caso a taxa básica de juros suba e fique acima de 8,5%, o cenário mudará – entenda este fenômeno aqui.

Quando a poupança vale a pena?

1) Quando você deixa o dinheiro aplicado por menos de um ano

Em outros investimentos de renda fixa, como Tesouro Direto, existe a incidência de Imposto de Renda e outras taxas. As alíquotas de IR são:

  • Até 6 meses: 22,5%
  • Entre 6 meses e 1 ano: 20%
  • Entre 1 e 2 anos: 17,5%
  • Acima de 2 anos: 15%

Por isso, dependendo do tempo que você deixa seu dinheiro investido, acabará tendo parte considerável do rendimento comida pelo IR. Nesses casos, vale mais a pena deixar a grana na poupança, onde não há incidência deste imposto.

Além disso, no curto prazo, a diferença de rendimento entre a poupança e outros investimentos em renda fixa é tão pequena que acaba não compensando. Veja essa simulação:

R$ 100 aplicados durante um ano na poupança rendem e se transformam em R$ 104,55.

Já os mesmos R$ 100 aplicados durante o mesmo período no Tesouro Selic crescem para R$ 106,50 brutos. Após o desconto do IR e de taxa de custódia, o valor líquido que sobra é de R$ 105,10. Sim, R$ 0,55 de diferença.

Também deve-se considerar que, ao investir no Tesouro Direto, existe o risco de você ter que vender o papel antes da data de vencimento e acabar amargando alguma perda.

Quer saber em quais outros casos vale a pena deixar sua grana na poupança? Então, veja o vídeo a seguir e anote as dicas!

Gostou do vídeo? Clique aqui e veja muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Ana Paula de Araujo
Ana Paula de Araujo
Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

descubra-os-6-erros-comuns-de-investidoras-iniciantes

10 de dezembro de 2019

O frio na barriga e a insegurança de começar a investir podem atrapalhar as decisões das investidoras iniciantes. Veja como encarar o medo.

como-inluir-mais-mulheres-no-mercado-financeiro

19 de novembro de 2019

O mercado financeiro ainda é restrito e por vezes machista com as mulheres. A mudança desse cenário passa por um conjunto de esforços. Saiba mais.

descubra-como-perder-o-medo-de-investir-em-acoes

13 de novembro de 2019

Para algumas mulheres, investir em ações pode parecer assustador, mas o mundo da renda variável não precisa ser um bicho de sete cabeças. Sandler e Rosa te contam tudo!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas