Produtos importados: tudo o que você precisa saber para fazer compras online

14 de agosto de 2019 - Por

produtos-importados-dicas-para-fazer-compras-online

quem ama, compartilha!

A grande variedade de produtos e os preços baixos incentivam as compras em sites chineses e norte-americanos. No ano passado, 23,1 milhões de brasileiros fizeram compras internacionais, segundo a pesquisa da Ebit, especializada em avaliar a reputação das lojas online.

O chinês AliExpress é o favorito entre 51% dos consumidores brasileiros, seguido dos norte-americanos Wish (41%) e Amazon (25%). As categorias moda, eletrônicos e perfumaria lideram as preferências para compras online.

Apesar do vestuário ser o principal departamento para compras internacionais, a agilista Malu Lopes, que costuma utilizar o Wish, se considera mais criteriosa para adquirir roupas em sites estrangeiros devido às diferenças de tamanho e o tecido. “Eu demoro mais para tomar essa decisão. Geralmente, eu compro coisas para casa como talheres, espátulas, coisas de cozinha e dá certo”, diz.

Antes de gastar seu dinheiro em produtos importados, você precisa entender às condições de compras e possíveis taxas para evitar experiências negativas.

Qualidade e preço baixo

O preço baixo é o fator predominante na decisão de compra em sites estrangeiros para 85% das pessoas, de acordo com o levantamento da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e a Ferraz Pesquisa de Mercado.

“É mais barato que comprar online de sites brasileiros e eu consigo achar exatamente o que quero. No interior tem produto que é muito difícil de encontrar”, destaca a biomédica acupunturista Mayane Costa, que mora em Campo Mourão – Paraná.

Dentre tantas opções, fica muito difícil saber qual produto tem a melhor qualidade. Quando encontrar o item que pretende comprar, observe as avaliações, leia os comentários e veja as fotos das pessoas que já compraram. Certifique-se da reputação da loja e converse com o vendedor.

“A qualidade depende muito. Eu já comprei coisas ruins, mas também já adquiri produtos com qualidade muito boa como um casaco sobretudo, que no Brasil custaria pelo menos R$ 500 e na época eu paguei R$ 40”, relata Lopes.

Tenha paciência

Normalmente, a mercadoria é transportada em avião ou navio e pode demorar até dois meses para chegar no seu endereço, por isso, tenha paciência. Você pode acompanhar o rastreamento do seu pedido e a previsão de recebimento pelo site. No entanto, em alguns casos, o produto pode chegar antes do esperado.

produtos-importados-dicas-para-fazer-compras-online-.

Cuidado com a cobrança de impostos

Quando pensamos em produtos importados, a cobrança de impostos é sempre uma preocupação. Grande parte dos itens adquiridos em sites estrangeiros podem ser taxados pela Receita Federal assim que entram no Brasil.

De acordo com o Ministério da Fazenda, 100% das encomendas internacionais que chegam ao país passam pelo escaneamento do sistema de raio X. O procedimento busca inibir a entrada de bebidas alcoólicas, fumo, armas e animais silvestres que não podem ser importados.

Livros, jornais, revistas e medicamentos (com receita médica) estão isentos do imposto. As compras internacionais até US$ 3 mil tem imposto único de 60% com base no total da compra. A dica é fazer a simulação do valor do imposto no site da Receita Federal.

As encomendas internacionais que chegam ao Brasil pelos Correios estão sujeitas à cobrança de uma taxa no valor de R$ 15. O pagamento é obrigatório desde o ano passado para todas as embalagens, independente do valor, peso e tributação da Receita Federal.

O produto é diferente da descrição ou não chegou, o que devo fazer?

O Código de Defesa do Consumidor só vale para compras feitas no território brasileiro, alerta Sérgio Tannuri, advogado especialista em direitos do consumidor. “Como a rede é mundial, as páginas hospedadas fora do Brasil seguem as normas de seus países de origem. Se o consumidor tiver problemas ao adquirir mercadorias de sites chineses, não poderá acionar o judiciário brasileiro. Essa possibilidade só é possível se o site ou o fabricante tem escritório de representação no país”, explica.

No AliExpress, a orientação para itens incorretos ou que não chegaram na data prevista é a negociação direta com o vendedor. Na falta de uma solução com a loja, a consumidora pode solicitar o reembolso e o dinheiro será devolvido em 15 dias.

Já no Wish, a cliente pode devolver o produto e solicitar o reembolso dentro de 30 dias, a partir da última data estimada de entrega da mercadoria. O site não oferece a possibilidade de troca do item. Quando precisou da restituição, Costa, que costuma comprar roupas e produtos de medicina chinesa não teve dor de cabeça. “Comprei, não chegou e eles me reembolsaram em menos de 24h. Bem tranquilo”, afirma.

Lembre-se de sempre verificar os termos e as condições dos sites estrangeiros. Alguns detalhes podem passar despercebidos e gerar prejuízos.

Fotos: AdobeStock.

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Carol Nogueira
Carol Nogueira
Repórter do Finanças Femininas, fã de David Bowie e John Coltrane. Passa o tempo livre pesquisando textos da Sylvia Plath e assistindo séries na Netflix.
Fale comigo! :) carolnogueira@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

cashback

11 de outubro de 2017

Além de dar o dinheiro de volta, alguns sites até oferecem descontos e extensões de navegador para você não perder os cashbacks. Porém, é preciso cuidado para não exagerar nas compras. Veja como fugir de outras armadilhas e aproveitar ao máximo.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas