Qual o seu perfil de empreendedora? Faça o teste e descubra!

Qual o seu perfil de empreendedora? Faça o teste e descubra!

Se você é empreendedora, ou pretende empreender, conhecer a si mesma é fundamental. Sabendo suas principais qualidades e pontos a serem melhorados, você pode levar seu negócio para o rumo certo. Sabendo disso, a Serasa Experian acaba de lançar um teste para você identificar qual é seu perfil.

“O autoconhecimento é fundamental para o sucesso. Cada empreendedora tem sua própria história, fortalezas e áreas a serem desenvolvidas. O objetivo é ajudar a encontrar onde estão essas oportunidades de melhoria, buscar formação adequada e focar nos esforços”, diz Eduardo Crivelari, gerente de Pessoa Jurídica da Serasa Experian.

O teste funciona de um jeito simples: são 16 perguntas que avaliam o indivíduo em relação aos quatro pilares da administração de um negócio, que são gestão financeira, organização, estratégia e comportamento. “A combinação das respostas estabelece o perfil principal da empreendedora. O grande benefício é que o teste ajuda a encontrar as áreas de conhecimento que podem ser melhoradas.”

O resultado levará ao enquadramento em um dos quatro perfis dominantes entre os microempreendedores: Malabarista, Realizador, Autônomo e Arrojado. Eles foram descobertos a partir da pesquisa Perfil Nacional do Empreendedor da Serasa Experian, feita com 448 microempreendedores no País. Depois do teste, a plataforma indica conteúdos mais adequados para você desenvolver enquanto empreendedora de acordo com seu perfil.

Conheça os perfis a seguir e, para fazer o teste, clique aqui.

Malabarista

Segundo pesquisa do órgão, 37% dos microempreendedores fazem parte desse que é o maior grupo. São pessoas que se descobriram empreendedoras por acaso – seja porque perderam emprego, precisam complementar a renda ou por terem descoberto uma habilidade ou hobby. Por isso, também são chamados de empreendedores acidentais.

Qualidades: “Esses empreendedores olham para o negócio com muito otimismo e coragem de enfrentar o desconhecido. Têm excelente foco na qualidade da entrega e uma identificação enorme com seu negócio, se dedicando de corpo e alma”, diz Crivelari.

Oportunidades de melhoria: de acordo com o gerente, este perfil precisa de maior preparo para gestão financeira – afinal, passou apenas pela escola da vida e aprendeu a empreender na prática. O principal desafio é terminar o mês no azul. Os malabaristas também são receosos quando o assunto é o uso da tecnologia e procuram correr poucos riscos. Isso pode ser prejudicial por um lado, mas, por outro, também os motiva a procurar crédito com taxas e prazos melhores.

mulheres-empreendedoras-teste-serasa-02

Realizadores

Respondem por 25% dos microempreendedores, que abriram seus negócios depois de pesquisarem as áreas de atuação e buscam crescer de forma estruturada e sustentável. Este é o grupo mais escolarizado, com 71% possuindo curso superior completo e, por isso, também são chamados de empreendedores graduados.

Qualidades: cada passo tomado pelo realizador foi cuidadosamente planejado. Ele busca novidades para crescer, pesquisa, estuda e calcula cada risco. A motivação deste perfil é buscar diferenciais para o negócio, o que lhe traz grande realização pessoal. Admite correr riscos de forma moderada, o que se aplica também à busca por crédito.

Oportunidades de melhoria: “Ele precisa ser preparado para assumir mais riscos e ampliar o horizonte de crescimento do seu negócio. É fundamental que ele entenda o equilíbrio entre risco e retorno”, pontua Crivelari.

Autônomos

Os também chamados “empreendedores só no papel” pelo Serasa são 23% do total da amostra. Na verdade, eles não se consideram empreendedores – apenas encaram a formalidade como uma necessidade tanto para prestar serviços como Pessoa Jurídica quanto para emitir nota de prestação de serviços informais. Seu objetivo principal é manter seus clientes e garantir a renda mensal, sem pretensão de investir no negócio.

Qualidades: muitos já estão na área de atuação há muito tempo. Por isso, conhecem bem seu negócio, seus clientes e todos os demais aspectos do seu universo.

Oportunidades de melhoria: de acordo com o especialista, esse é o perfil que tem menor perspectiva de crescimento, além de ser o mais conservador – o que também se reflete na maneira de pedir financiamento, pois ele costuma recorrer a grandes bancos com os quais já mantêm relacionamento. “Esse público precisa pensar se, de fato, quer continuar como está ou se deseja explorar e ir além. Conforme trabalham esse questionamento, veem que podem ir além, adquirindo conhecimento para esse passo”, ensina. A troca de experiência com outros empreendedores pode ser fundamental nessa fase de expansão.

Arrojados

Não é por acaso que são chamados de empreendedores natos. Trata-se daqueles 15% da amostragem que sempre quiseram ter o próprio negócio – alguns desde pequenos. É o perfil mais ousado de todos e sua grande motivação é o sucesso financeiro. Por isso, eles sempre trabalham com um plano B.

Qualidades: sua vocação empreendedora fala tão alto que, não importam os contratempos e vezes que as coisas não deram certo, eles sempre tentarão novamente. Aliás, essas frustrações podem até torná-lo melhor preparado ao longo do tempo. Está sempre em busca de novas oportunidades e tem cuidado de separar as finanças pessoais das finanças da empresa. Esses microempreendedores também costumam traçar estratégias e mantêm o foco para alcançá-las.

Oportunidades de melhoria: essa natureza impetuosa também faz com que o empreendedor arrojado seja aberto a riscos – às vezes, até demais. Por isso, seu desafio é alcançar um equilíbrio que permita não dar passos excessivamente arriscados, que possam colocar todo o negócio em risco. A palavra aqui é ponderação.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

close