Quando o Tesouro Direto fica desvantajoso?

1 de julho de 2014 - Por

tesouro direto é sempre uma vantagem?

quem ama, compartilha!

O Tesouro Direto é um tipo de investimento citado com bastante frequência. Considerado uma aplicação de baixo risco e boa liquidez, ele também faz sucesso porque não depende de um grande aporte para que você comece a investir, a partir de R$ 30,00 já é possível começar a comprar títulos do tesouro. Para quem não sabe, a modalidade consiste em emprestar dinheiro ao governo e ser remunerada com o pagamento de juros. Antes de procurar uma instituição financeira para saber mais sobre essa forma de investir, vale a pena dar uma olhada no site do Tesouro Nacional para sanar algumas dúvidas frequentes.

Bom, até então nós falamos sobre as vantagens do Tesouro Direto, mas a aplicação vale a pena independente do cenário? A resposta é não. Por mais que o Tesouro Direto apresente uma série de vantagens principalmente para as investidoras com perfil mais conservador, é sempre importante considerar o contexto econômico do país e comparar com outros tipos de investimentos também conservadores, como os CDBs, LCAs e LCIs.

quando investir em tesouro direto

No atual cenário, investir em Tesouro Direto com taxas pós-fixadas à Selic pode ser bem vantajoso. O que significa isso? A rentabilidade do título fica atrelada à taxa básica de juros do país. Sendo assim, em um cenário como o atual, em que os juros estão elevados, você tem um rendimento maior.

Em contrapartida, se o governo resolvesse mudar de estratégia e abaixar drasticamente a taxa de juros, a sua rentabilidade ficaria comprometida e compensaria estudar outros tipos de investimentos. É importante que você avalie sempre se o percentual de rentabilidade que você tem está superando a inflação, só assim você realmente terá noção do quanto de dinheiro está ganhando. Se a sua rentabilidade somente iguala-se ao patamar da alta dos preços, você estará apenas mantendo seu poder de compra, concorda?

Em resumo, ainda que o investimento seja de baixo risco, em outros cenários ele poderia ficar menos interessante. O importante é estar sempre atenta às variáveis que podem interferir na rentabilidade do seu investimento.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Financas Femininas
Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

Leia em seguida

17 de julho de 2019

A rentabilidade é uma dúvida frequente das investidoras, mas agora que você sabe o que é CDB, LCI, LCA, CDI, e também já aprendeu tudo sobre Tesouro Direto e Tesouro Selic, chegou a hora de descobrir como comparar a rentabilidade do seu investimento. O primeiro ponto a entender é que enquanto o Tesouro Selic e […]

15 de julho de 2019

Poupar para o futuro pode ser desafiador. Esta regra pode ajudá-la a saber se está no caminho certo ao planejar a aposentadoria.

11 de julho de 2019

Você decidiu fazer um investimento em renda fixa, mas está confusa com a sopa de letrinhas de CDB, LCI e LCA? Calma! Não fique apavorada, porque é muito fácil e vamos te ensinar tudo que você precisa saber para investir. A renda fixa é uma aplicação segura e o primeiro passo para quem deseja embarcar […]

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas