Síndrome de Burnout: entenda os sintomas e como evitar

13 de dezembro de 2019 - Por

sindrome-de-burnout-entenda-os-sintomas-e-como-evitar

quem ama, compartilha!

Sabe aquela sensação constante de exaustão, estresse e baixa produtividade no trabalho? Esses são alguns dos sintomas da síndrome de burnout que foi um dos assuntos mais comentados do ano.

A síndrome de burnout é um distúrbio psíquico caracterizado pelo estado de tensão emocional e física. O problema foi conceituado como “resultante do estresse crônico no local de trabalho que não foi gerenciado com sucesso” na revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-11), publicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Não é considerada uma doença, mas um dos fatores que influenciam a saúde ou o contato com serviços de saúde.

O esgotamento profissional é provocado por condições desgastantes no ambiente de trabalho, sejam emocionais, físicas ou psicológicas. Acomete pessoas que tem um envolvimento profissional e pessoal muito intenso. Os profissionais mais atingidos são da educação, assistência social, saúde, agentes penitenciários, recursos humanos, policiais, bombeiros e mulheres com dupla jornada. Jornalistas, publicitários e pessoas do mercado financeiro também podem desenvolver o transtorno.

Como evitar o esgotamento profissional?

O burnout é um assunto muito sério e você não deve sacrificar sua saúde pelo trabalho. A primeira dica para evitar esse distúrbio é parar de glorificar a agenda ocupada. Não é saudável ter compromissos e tarefas de trabalho de segunda a domingo. É necessário ter equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Busque atividades que vão te proporcionar felicidade e bem estar.  Escute as necessidades do seu corpo e incorpore hábitos saudáveis na sua rotina, como dormir 8 horas por noite, fazer exercícios físicos regularmente, tomar dois litros de água por dia e ter uma alimentação adequada. A sua saúde precisa ser prioridade.

Atividades fora do trabalho

Separe um tempo na sua agenda para fazer atividades que você gosta, como ler um livro, ir ao cinema, andar de bicicleta, fazer meditação, aula de dança, entre outros que vão te deixar feliz. Ter espaço para atividades de lazer também é autocuidado e evitam o burnout.

Estabeleça limites no seu trabalho

Saber delegar tarefas e contar com a sua equipe são medidas essenciais para evitar o estresse da sobrecarga de  trabalho. Você não vai chegar a lugar algum, se assumir todo o trabalho da sua equipe.

Colocar limites e enfrentar um ambiente de trabalho cheio de burocracias e, por vezes, tóxico é um enorme desafio. No entanto, se você gosta do seu trabalho, é necessário encontrar uma forma de conciliar esses aspectos para evitar o esgotamento profissional. Caso não seja possível, considere procurar outro emprego, mas jamais sacrifique a sua saúde. Autocuidado deve ser prioridade.

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Carol Nogueira
Carol Nogueira
Repórter do Finanças Femininas, fã de David Bowie e John Coltrane. Passa o tempo livre pesquisando textos da Sylvia Plath e assistindo séries na Netflix.
Fale comigo! :) carolnogueira@financasfemininas.com.br

Leia em seguida

quanto-custa-o-exame-genetico-para-detectar-risco-de-cancer-de-mama

1 de outubro de 2019

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Saiba quanto custa o teste genético que detecta o risco de desenvolver a doença.

por-que-sororidade-no-ambiente-de-trabalho-e-importante

10 de setembro de 2019

Todas nós já ouvimos que trabalhar com mulher é muito difícil, que mulheres fazem fofoca, são falsas e puxam o tapete da outra. Mas nada disso é verdade! Existe muita sororidade no ambiente de trabalho e o estudo Talenses com a Insper realizado em 2018, aponta que quanto mais mulheres em cargos nas empresas, maior […]

atitudes-antiprofissionais-que-você-não-nota

22 de julho de 2019

Alguns comportamentos no ambiente de trabalho são automáticos. Será que, com isso, você anda tendo atitudes antiprofissionais sem perceber?

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas