Tesouro Direto ainda vale a pena em 2018 com a queda da Selic?

11 de janeiro de 2018 - Por

tesouro-direto

quem ama, compartilha!

Com a queda da taxa Selic, ainda vale a pena investir no Tesouro Direto?
Adriana A.

Todos os investidores (e investidoras) brasileiros estão preocupados com a queda da taxa Selic. Afinal, há pouco tempo era fácil conseguir um rendimento anual de 14% ao ano na renda fixa e agora este percentual caiu pela metade. Muita gente diz que acabou a farra da renda fixa e que agora diversificar é fundamental.

No entanto, se diversificar se tornou ainda mais importante para quem quer ter bons rendimentos, isso não significa que a renda fixa não traz mais boas oportunidades para quem quer investir. O que poucos estão olhando neste momento é a rentabilidade real dos investimentos.

Quando a Selic estava em 14,25%, era fácil de achar que este era o rendimento do Tesouro Selic. Contudo, o que muitos investidores estavam esquecendo era a inflação, que chegou a 10,67% ao ano e corroeu a maior parte dos ganhos. Desta forma, a rentabilidade real era de 3,58%.

Ainda vale a pena investir no Tesouro Direto, mesmo com a queda da Selic?

Hoje, o cenário mudou. A Selic está em 7% ao ano e o IPCA-15 de dezembro foi de 2,94%. Com isso, a rentabilidade real do Tesouro Selic está em 4,06%. Ou seja: o investidor no Tesouro tem hoje uma rentabilidade ainda melhor do que a do momento em que os juros estavam elevados.

investimento-selic

É muito fácil se apegar à rentabilidade nominal, aquela que não considera a inflação. Entretanto, este número não representa o mundo real, onde a inflação come sempre uma parte dos nossos ganhos. Ao levar em conta a inflação, percebemos que investir na renda fixa ainda pode trazer ganhos excepcionais para investidores e investidoras. Como exemplos, a China tem uma taxa de juros real perto de 1,5% ao ano, a dos Estados Unidos é negativa, de -1%, e na Alemanha chega perto de -3%.

Desta forma, ainda podemos aproveitar: os títulos do Tesouro que acompanham a Selic ainda oferecem ganhos excelentes. Para aprender a investir no Tesouro Direto, acesse a nossa playlist no YouTube, que ensina o passo-a-passo.

Fotos: Fotolia

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

fundos-de-investimento-renda-fixa-ou-poupança

13 de fevereiro de 2019

Simulação da Anefac mostra que, com a Selic a 6,5% a.a., poupança bate fundos de renda fixa com taxa de administração alta. Descubra quais!

selic-2019-7-5 01

18 de dezembro de 2018

Segundo Boletim Focus, a taxa Selic deve alcançar 7,5% até o final de 2019. Mas até lá, como ficam seus investimentos? E a economia? Especialistas comentam.

suspensao-vendas-tesouro-direto-crise

15 de junho de 2018

Com a suspensão nas vendas de títulos, muitos se perguntam se é seguro investir no Tesouro Direto. Antes, você precisa tomar esses cuidados. Veja!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas