Trabalho voluntário pode te ajudar a crescer como profissional

Trabalho voluntário pode te ajudar a crescer como profissional

Fazer trabalho voluntário pode ser a resposta ideal para quem sempre quis ajudar os outros, mas não sabe como, ou sonha em tornar o mundo um lugar melhor, mas não sabe por onde começar. Essa é uma forma de ajudar não só a outras pessoas, mas também a si mesma. Isso porque o voluntariado pode ser benéfico para a sua vida profissional: é uma chance de você ampliar seus contatos e adquirir mais conhecimento, seja em seu ramo de atuação ou em áreas diferentes.

O serviço voluntário é importante para auxiliar pessoas em situações de dificuldade. Esse contato com realidades difíceis faz com que você reavalie seus pontos de vista e passe a dar um peso menor aos próprios problemas. É uma chance para perceber que as pessoas que você ajuda geralmente enfrentam desafios maiores do que os seus, como violência ou pobreza. E não acaba por aí.

Por que o trabalho voluntário ajuda quem está desempregada?

Para quem está desempregada e quer saber como conseguir emprego, esta é também uma forma de se manter ativa e aumentar a sua rede de contatos. Além disso, o engajamento em um projeto social bacana pode ser a porta para conhecer uma nova área de interesse.

trabalho-voluntario-voluntariado-como-conseguir-emprego 02

Se você pretende tirar um grande aprendizado desta experiência, encare-a com a mesma seriedade que teria em um trabalho remunerado. O comprometimento é importante não só pelo bem do projeto com o qual você decidir colaborar, mas também para demonstrar sua seriedade profissional.

Como escolher um trabalho voluntário

Há diversas opções de atividades voluntárias e você deve escolher uma que se adapte bem aos seus gostos e interesses, para que ela seja prazerosa e você possa contribuir da melhor maneira possível. O trabalho voluntário pode ser realizado em ONGs, projetos sociais, igrejas, orfanatos, asilos, hospitais, escolas etc.

Antes de começar, avalie quais serão seus gastos com transporte e alimentação. Vale a pena se informar no projeto se é possível ter uma ajuda de custo neste sentido.  Leve em consideração qual será a frequência, o horário e a localização para que a atividade se encaixe bem em sua agenda, sem atrapalhar outros compromissos.

Seja qual for sua situação, para ser voluntária, basta ter boa vontade e disposição. Doar seu tempo e talento em favor do próximo lhe trará satisfação e ajudará a transformar a sociedade.

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Você gostou desse conteúdo?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close