Trump diagnosticado com Covid-19 preocupa investidores e derruba Ibovespa, que fecha com queda de 1,53%

2 de outubro de 2020 - Por

Trump diagnosticado com Covid-19 preocupa investidores e derruba Ibovespa, que fecha com queda de 1,53%

quem ama, compartilha!

Este texto faz parte da cobertura do Finanças Femininas para traduzir o que está acontecendo com o mercado financeiro durante a pandemia do coronavírus. Ajudamos você a se informar com uma linguagem simples, sem economês e sem pânico!

Ibovespa: -1,53% (94.016 pontos)
Dólar: +0,25% (R$ 5,66 )
Casos de coronavírus: 4.856.024 confirmados e 144.966 mortes*

Resumo:

  • Ibovespa sente impacto após Donald Trump confirmar Covid-19;
  • Indústria cresce pelo 4ª mês consecutivo;
  • Bancos começam cadastro da chave Pix na próxima segunda

Bastou Donald Trump, presidente da maior economia do mundo, utilizar o Twitter para comunicar que testou positivo para Covid-19 que os investidores acenderam uma luz amarela de preocupação.

O diagnóstico deve afastar o candidato republicano da disputa eleitoral por pelo menos 14 dias, período recomendado pelos médicos para se recuperar e evitar a transmissão do vírus. Diante da impossibilidade de participar dos debates e demais atividades eleitorais, surge o temor de que Trump fará de tudo para não perder as eleições para seu adversário democrata, Joe Biden – incluindo reforçar a ideia de fraude eleitoral para explicar uma eventual derrota.

Com a tensão no cenário externo, o Ibovespa encerrou o pregão desta sexta (2) em queda de 1,53%, aos 94.016 pontos. O acumulado da semana resultou em perdas de 2,97%.

No Brasil, o burburinho sobre as supostas críticas feitas por Rogerio Marinho, ministro do Desenvolvimento, a Paulo Guedes, ao ministro da Economia, tiveram impacto no mercado. Entre os investidores circula a informação que Marinho teria feito em evento fechado, fora da agenda oficial, com participantes do mercado.

Marinho teria dito que a ideia do calote em precatórios para financiar o Renda Cidadã teria, sim, partido de Guedes. Ele teria dito ainda que o ministro da Economia, agora, não encontra solução para o impasse e que “da melhor ou pior forma”, o programa social sairá do papel.

O dólar registrou alta de 0,25% nesta sexta. Acumulou ganhos de 2,02% na semana e fechou aos R$ 5,6688.

O real, por outro lado, é a pior moeda global de 2020, conforme concluíram analistas de câmbio do Top 5 da Focus. As incertezas em relação às finanças públicas no Brasil impedem que a moeda brasileira se beneficie do enfraquecimento global do dólar nos últimos três meses.

O real ficou entre as oito das 33 divisas de câmbio mais negociadas do mundo que perderam a chance de aproveitar a fragilidade da moeda norte-americana, entre julho e setembro – neste trimestre o dólar fechou com valorização de 3,28% no Brasil. No ano, registra alta de 40,11% em relação à moeda brasileira.

Trump diagnosticado com Covid-19 preocupa investidores e derruba Ibovespa, que fecha com queda de 1,53%

Setor industrial cresce pelo 4° mês seguido, mas ainda não recuperou perdas com a pandemia

A produção industrial nacional cresceu pelo quarto mês consecutivo e registrou alta de 3,2% em agosto, na comparação com julho aponta a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgada nesta sexta (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da recuperação, o setor não recuperou as perdas de 27% de março e abril, quando a produção chegou ao patamar mais baixo da série, devido à pandemia de Covid-19.

A indústria também está 2,6% abaixo do nível de fevereiro, antes das medidas de isolamento social para conter o novo coronavírus. No acumulado do ano, a produção recuou 8,6%. Em 12 meses, acumula queda de 5,7%.

Bancos abrem cadastro do Pix na próxima segunda

As pessoas interessadas em utilizar o Pix, sistema de pagamento criado pelo Banco Central (BC), podem realizar o cadastro a partir da próxima segunda (5). A nova solução permitirá a realização de pagamentos e transferências de dinheiro durante 24 horas por dia, 7 dias por semana, incluindo feriados, em até 10 segundos.

Para utilizar o serviço, é necessário cadastrar a “chave Pix” na instituição financeira que a pessoa tem conta. A chave é como um “apelido” para que o usuário seja identificado no sistema. Os clientes podem usar um número de celular, um email ou o CPF ou o CNPJ para fazer o cadastro. Sim: você vai poder fazer uma transferência (ou um Pix, na nova linguagem) apenas com o número do celular da pessoa que vai receber o dinheiro.

O ícone do Pix estará disponível no aplicativo do seu banco ou fintech e no internet banking. Algumas instituições fizeram um pré-cadastro com seus clientes. No entanto, os bancos devem confirmar o cadastramento da chave Pix com os usuários no dia 5 de outubro.

De acordo com a Febraban, não é obrigatório cadastrar a chave para fazer ou receber um Pix. Se o cliente quiser utilizar o meio de pagamento instantâneo sem a chave, será necessário digitar todos os dados bancários do destinatário para realizar a transação.

A estreia do Pix para toda a população será no dia 16 de novembro. A Carol Sandler fez um vídeo contando mais detalhes sobre o serviço. Clique aqui para assistir.

*Até o fechamento do texto. Fonte: levantamento feito por jornalistas de G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde

Fotos: AdobeStock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Carol Nogueira
Carol Nogueira
Repórter do Finanças Femininas, fã de David Bowie e John Coltrane. Passa o tempo livre pesquisando textos da Sylvia Plath e assistindo séries na Netflix.
Fale comigo! :) [email protected]

Leia em seguida

Cautela entre os investidores prevalece e Ibovespa fecha com queda 0,45%

9 de outubro de 2020

Apesar das perdas nesta sexta, o Ibovespa acumulou alta de 3,69% na semana influenciado pelo otimismo do exterior. Saiba mais.

Forte alta nas ações dos bancos impulsionam Ibovespa que subiu 2,51%

8 de outubro de 2020

O risco fiscal saiu do radar por hoje e o Ibovespa teve um dia de negociações positivas. Exterior também refletiu no mercado brasileiro. Veja mais.

Ibovespa cai com rumores sobre Auxílio Emergencial até 2021 e risco fiscal elevado no Brasil

7 de outubro de 2020

A forte instabilidade política e fiscal no Brasil ofuscaram os ventos positivos que sopraram do exterior. Leia mais.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas