Sexta-feira da Paixão: receita de bacalhau por menos de R$ 20

19 de março de 2015 - Por

escondidinho de bacalhau1

quem ama, compartilha!

A Sexta-feira da Paixão está se aproximando e muita gente evita comer carne vermelha nesta data. Hora da Comida traz hoje uma receita de bacalhau deliciosa e que cabe no bolso.

Manda a tradição cristã que não se coma carne na Sexta-feira da Paixão, que antecede o domingo de Páscoa. O recomendado é optar por peixe e, sem dúvida alguma, o bacalhau está associado à data. Mas com economia em baixa e inflação em alta, o preço é salgado para muita gente. Hora da Comida tem uma sugestão para que o bacalhau não esfole suas contas.

Faça um escondidinho de bacalhau. Você pode comprar uma porção de bacalhau desfiado (lascas) de 500 gramas por menos de R$ 20, o que serve quatro pessoas. É incrivelmente mais barato do que o lombo, mas igualmente delicioso. O truque é caprichar nos temperos e no preparo.

Há à venda lascas dessalgadas e congeladas e também lascas secas que precisam ser dessalgadas. A segunda opção é a mais econômica. Se esta for sua escolha, siga as recomendações do Hora da Comida para dessalgar o bacalhau corretamente, porque o excesso de sal estraga o prato.

Sirva o escondidinho com arroz branco soltinho e salada de folhas ou, se quiser algo diferente, uma salada de grão de bico e ovos cozidos.

O sucesso do almoço é garantido! E seu orçamento não sairá da linha!

Receita

Escondidinho de bacalhau:

Ingredientes

1 kg de batatas

3 colheres de sopa de manteiga

250 ml de leite

500 gramas de bacalhau desfiado dessalgado sem pele e espinhas

1 cebola grande picadinha

3 dentes de alho

1 pimenta dedo de moça sem sementes bem picadinha

½ xícara de cheiro verde bem picado (ou mais se gostar)

½ pimentão vermelho bem picado

4 colheres de sopa de azeite

Sal e pimenta

½ xícara de água

Queijo parmesão ralado para gratinar

 

Modo de preparo:

Para o bacalhau:

Leve ao fogo baixo uma panela com o azeite e doure a cebola, o pimentão e o alho. Quando a cebola ficar macia, sem queimar, acrescente o bacalhau, mexendo para distribuir os temperos.

Ponha á agua e deixa cozinhar por alguns minutos.

Acrescente a pimenta dedo de moça e mexa.

Em seguida, o sal e o cheiro verde.

Deve ficar um bacalhau soltinho e bem temperado.

 

Para o purê:

Descasque as batatas, corte-as e cozinhe em água com sal.

Quando cozidas, ainda quentes, amasse bem ou passe por um espremedor para formar um purê.

Derreta a manteiga em fogo baixo, acrescente o leite e junte o purê.

Ainda em fogo baixo, mexa continuadamente até ficar bem homogêneo, com aspecto macio. Se for preciso, acrescente mais leite.

Por último, coloque sal e pimenta do reino. Prove para checar o tempero.

Montagem:

Unte uma forma refratária com manteiga.

Coloque uma camada de purê. Por cima, o bacalhau e novamente, purê.

No topo do escondidinho, espalhe generosamente queijo ralado.

Leve ao forno quente até que o queijo esteja dourado.

 

 

Siga o Hora da Comida no Twitter e no Facebook.

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

Rita Tavares
Rita Tavares
Hora da comida

Leia em seguida

produtos-importados-dicas-para-fazer-compras-online

14 de agosto de 2019

A grande variedade de produtos e os preços baixos incentivam as compras em sites chineses e norte-americanos. No ano passado, 23,1 milhões de brasileiros fizeram compras internacionais, segundo a pesquisa da Ebit, especializada em avaliar a reputação das lojas online. O chinês AliExpress é o favorito entre 51% dos consumidores brasileiros, seguido dos norte-americanos Wish […]

crediario-ainda-e-utilizado-para-parcelar-compras-indica-spc

8 de agosto de 2019

O crediário ainda é a opção favorita de 30% dos consumidores para o pagamento de compras, apesar da popularização do cartão de crédito. Esse dado é do levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). As instituições entrevistaram 805 pessoas que utilizaram o famoso carnê, boleto […]

independencia-financeira-violencia-domestica-feminicidio

7 de agosto de 2019

A independência financeira ajuda na luta contra a violência doméstica pois permite à mulher fazer mais escolhas. Carol Sandler explica essa relação.

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas