Você compra por impulso?

6 de maio de 2013 - Por

quem ama, compartilha!

Comprar é uma coisa prazerosa para todo ser humano. Ir ao shopping e sair carregadas de sacolas pode ser uma grande fonte de satisfação – ainda que momentânea. Só que nada disso é gratuito, ou seja, comprar de maneira impulsiva pode custar caro. Assim que estiver no caixa, pare e respire. Preste atenção se está levando porque aquele objeto é extremamente necessário ou se for só um capricho.

Segundo pesquisa desenvolvida pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) em fevereiro de 2013, 85% dos entrevistados disseram não pensar antes de comprar. O número é alarmante e mostra que a população brasileira consome sem consciência e por motivos abstratos.

Acumular roupas, sapatos, perfumes e cacarecos só afirma que está fazendo a coisa errada. Por isso, é essencial que antes de fechar a compra, repense se tem necessidade daquele item. Por exemplo, uma blusa nova. Lembre com quais peça pode combinar para usar mais vezes e ser uma blusa útil no seu armário.

Tenha objetivos
Antes de ir comprar qualquer coisa tenha objetivos traçados e certos. Com sonhos e desejos fica mais fácil economizar e não gastar por impulso. Faça uma lista de desejos que quer realizar a curto, médio e longo prazo. Assim fica fácil poupar e conseguir o que deseja no futuro.

Não oprima o consumo
Vivemos numa sociedade em que somos educados a comprar. Podemos fazer isso, desde que seja de forma saudável. Faça a separação mensalmente de seu dinheiro. Uma parte vai para despesas fixas (água, luz, gás…), outra parte vai para investir nos seus sonhos e a terceira deve ser destinada ao lazer a ao consumo. É possível comprar, desde que seja da maneira certa.

Entenda o prazer
Tudo bem que se sinta bem ao comprar uma coisa nova. O problema é quando seu bem-estar está diretamente ligado as compras. Ou seja, você só fica feliz quando compra. Se este for seu caso, tente entender o que sente nessa hora e por que se sente triste nas outras horas. Busque respostas para sua ansiedade e impulsividade.

E você, compra por impulsividade?

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande um e-mail!

quem ama, compartilha!

carolinaruhman
Carol Sandler
Carol Sandler é fundadora do Finanças Femininas, a maior plataforma online do Brasil de empoderamento feminino através da educação financeira. Apresenta o quadro "Carol, cadê meu dindin" semanalmente no programa SuperPoderosas, da TV Band. Autora do livro "Detox das Compras (Saraiva, 2017) e coautora do livro “Finanças Femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015), junto com o economista Samy Dana. Estudou Jornalismo na PUC-SP e Economia e Relações Internacionais no Institut d’Études Politiques de la France, em Paris. Colunista do site da revista CLAUDIA e do portal Tempo de Mulher.

Leia em seguida

livros-educacao-financeira-investimentos 01

23 de abril de 2019

Além de gostosos de ler, esses livros de educação financeira e investimentos podem revolucionar o jeito que você cuida do seu dinheiro. Descubra quais são!

ficar-rica-habitos-que-deixam-pobre

11 de abril de 2019

O primeiro passo para enriquecer é não gastar tudo o que ganha. Carol Sandler conta quais são os outros hábitos que te deixam mais pobre!

como-ganhar-dinheiro-precificar-ovos-de-pascoa

5 de abril de 2019

O primeiro passo para ganhar dinheiro vendendo ovos de Páscoa é precificar direitinho – e isso começa com um cálculo simples e fácil. Aprenda-o aqui!

SIGA O INSTAGRAM @financasfemininas